Cuiabá, 22 de outubro de 2019

Isso é Notícia

MENU

Câmara de Cuiabá vai à zona rural

Erro na Linha: #12 :: Undefined variable: charge_title
/home/issoenoticia/public_html/themes/issoenoticia/inc/sharebox.php
Secom Câmara

CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ

http://www.camaracba.mt.gov.br/

A Câmara Municipal de Cuiabá realizou neste domingo (30) uma audiência pública na Comunidade 21 de Abril para ouvir as reivindicações dos moradores e pequenos produtores da área rural de Cuiabá. 
 
Requerida pelo vereador Misael Galvão (PSB), presidente do Parlamento Municipal, o encontro ainda contou com a presença de diversas autoridades do Estado e do Município.
 
Esta foi a primeira audiência externa realizada pelo Legislativo neste ano. “Foi muito gratificante ouvir o povo, dar a voz a quem merece ter voz. A Câmara Municipal de Cuiabá com seu slogan ‘Você Presente’, desta vez esteve presente para ouvir a população e tentar proporcionar uma melhor qualidade de vida aos moradores da região”, comemorou o socialista.
 
Entre as principais reivindicações apresentadas estão segurança, saúde, educação, e infraestrutura, assim como auxílio no comércio dos produtos comercializados na região. 
 
Os pequenos produtores reclamam que, por conta da dificuldade na locomoção e na venda, há muita perda dos produtos fabricados na comunidade. 
 
“Já plantei muito e dei para os porcos e galinhas, pois para trazer para Cuiabá é muito difícil, pois não temos estrada e nem meio de transporte adequado, e também não temos para quem vender. Quando eu trago para a cidade, eu vendo na frente da minha casa”, contou Berenice Maria Grando, presidente da comunidade Bela Vista Formosa.
 
O comércio dos produtos ainda são prejudicados pela falta de regularização fundiária das terras da Comunidade. “Se a gente não tiver a visão do governo, dos órgãos públicos para conseguir regularizar nossas terras, não vamos conseguir participar dos programas governamentais. A gente é feirante e precisa do incentivo. Estamos dentro de Cuiabá e temos um grande potencial de atender a baixada cuiabana com produtos de horti-fruti e granjeiro”, explicou Juliano, presidente Associação de Produtores da Comunidade 21 de Abril.
 
A secretária de Agricultura e Desenvolvimento Econômico do município, Débora Villar, afirma que o Executivo vem tratando desta questão junto ao Governo do Estado. “Essa demanda está sedo discutida com a Intermat e a Empaer. Estamos fortalecendo esse debate e fortalecendo a agricultura familiar trazendo informações técnicas e fomento como irrigações para a comunidade”, informou. 
 
No que diz respeito à segurança pública, a comunidade pleiteia a implantação de uma base da Polícia Militar para atender as demandas região. 
 
“Nós viemos participar dessa audiência para ouvir toda a demanda da comunidade para levarmos para o secretário de Segurança para analisar e verificar a possibilidade de atendimento. Uma delas é a instalação de uma unidade policial na comunidade. Isso ai vai ser analisado pelo nível estratégico da Segurança Pública”, pontuou o Coronel Bastos, representante da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso.
 
Todas as demandas apresentadas pela comunidade foram registradas em documento elaborado pela União Coxipoense de Associações de Moradores de Bairros (Ucam). 
 
“Nós fizemos um resumo de todo as demandas da comunidade, e oficializamos os pedidos. A área rural compreende em mais de 15 mil habitantes e é necessário que haja uma política direta para atender essa população”, frisou José Maurício, presidente da Ucam.
 
Também estiveram presentes Leovaldo Salles da Ordem Pública, Juarez Samaniego do Meio Ambiente, o secretário-adjunto de Governo, Lincoln Sardinha, e representantes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob).
 
 
VOCÊ PRESENTE — A audiência pública externa faz parte das ações que vêm sendo desenvolvidas pelo Parlamento Municipal com o intuito de aproximar a população cuiabana do Legislativo, visando conhecer e atender as necessidades da comunidade.
 
“Essa foi uma bela iniciativa da Câmara que levou o debate para fora do prédio do Parlamento, querendo ouvir, de fato, aos anseios da população da zona rural. Esse povo é muito carente e precisa de muita infraestrutura por parte do poder público”, acrescentou o vereador Orivaldo da Farmácia (PP).
 
A audiência foi realizada na manhã deste domingo (30) no Barracão da Associação de Pequenos Produtores Rurais de Leonor. A comunidade, localizada na zona rural da Capital, fica a 16 Km do bairro Pedra 90 , e agrega um total de 14 localidades que são povoadas por agricultores familiares, criadores de gado bovino e outros pequenos produtores rurais de Cuiabá. 
Entre elas estão a Água Limpa, Aricazinho, Assentamento 21 de Abril, Barrerinho, Assentamento Ribeirão Estiva, Barro Duro, Buritizal, Fazenda Alta, Formosa, Leonor, Paz Divina, Raizama, Rio do Couro e Santa Terezinha.

Leia matérias relacionadas:

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para

Enviando Comentário Fechar :/