Cuiabá, 19 de julho de 2019

Isso é Notícia

MENU

REPASSE

Estado transfere mais de R$ 6 milhões para o custeio de UTI’s dos municípios

Erro na Linha: #10 :: Undefined variable: charge_title
/home/issoenoticia/public_html/themes/issoenoticia/inc/sharebox.php
Secom MT
GOVERNO DE MT GOVERNO DE MT

www.mt.gov.br

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), pagou aos Fundos Municipais de Saúde (FMS) o valor total de R$ 6.292.547.38, destinado ao custeio dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) de 12 municípios. O valor faz referência às competências de janeiro, fevereiro e março de 2019.

O pagamento foi definido por meio das portarias n°191/2019/GBSES e n°198/2019GBSES, publicadas no Diário Oficial que circulou nesta semana. 

De acordo com as informações do documento, o primeiro repasse no valor de R$4.888.541.38, foi paga ao FMS das cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Juína, Tangará da Serra, Primavera do Leste e Lucas do Rio Verde. O montante foi divido entre 12 hospitais do estado que deve receber os seguintes valores, descritos na tabela abaixo. 

HOSPITAL

VALOR

Femina Hospital Infantil e Maternidade

R$27.408.64

Hospital de Câncer de Mato Grosso

R$261.824.64

Hospital e Pronto S. Municipal de Cuiabá

R$1.079.185.92

Hospital Geral

R$499.252.78

Hospital Santa Helena

R$537.523.16

Hospital Universitário Júlio Muller

R$104.951.52

Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá

R$136.321.92.

Socie. Juinense de Diagnostico .I. E MED

R$383.800.00

Hospital das Clínicas SOC.MÉD.VIDA

R$415.870.00

Hospital e Maternidade Santa Ângela

R$357.630.00

Hospital das Clínicas Primavera

R$144.256.00

Hospital São Lucas

R$535.600.00

 

A segunda portaria, no valor total de R$1.404.00.00, foi paga para o FMS de Tangará da Serra e será destinada, exclusivamente, ao Hospital e Maternidade Santa Ângela.

A secretaria adjunta de Aquisições e Finanças da SES-MT confirmou que os valores descritos já foram pagos. Os recursos são transferidos pela SES-MT e repassados aos Fundos Municipais de Saúde, que efetivam os pagamentos por serviços executados pelas unidades hospitalares.  

O investimento tem como objetivo a garantia de prestação de serviços de saúde à população da Capital e do interior.

Leia matérias relacionadas:

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para

Enviando Comentário Fechar :/