Cuiabá, 15 de novembro de 2019

Isso é Notícia

MENU

MÁRIO NADAF

Plante essa ideia

Erro na Linha: #12 :: Undefined variable: charge_title
/home/issoenoticia/public_html/themes/issoenoticia/inc/sharebox.php
MÁRIO NADAF MÁRIO NADAF

Advogado, Professor , Historiador e líder do PV na Câmara Municipal de Cuiabá

No próximo dia 21 de setembro se comemora o dia da árvore e, mais do que uma data simbólica, esse dia representa a necessidade de conscientizar a população sobre a importância das árvores para o meio ambiente e, sobretudo, para a vida dos seres humanos.
 
Não por acaso, a data foi escolhida por coincidir com a chegada da primavera, tida como a estação das flores e do amor, cuja essência é a renovação da esperança.
 
Uma das nossas grandes riquezas são os diversos biomas, conjunto de diferentes ecossistemas, dentre os quais estão as florestas. As florestas são consideradas as maiores riquezas do planeta, por inúmeros motivos, como, por exemplo, as árvores possibilitarem a fotossíntese, aumentarem a umidade do ar, reterem o gás carbônico, liberando o oxigênio, tornando o ar mais limpo e respirável, propiciarem a socialização dos seres, além da retenção de ruídos, dentre as várias outras benesses, garantindo, desta forma, a sobrevivência das mais variadas espécies de animais, inclusive a do homem.
 
O Brasil está localizado numa região privilegiada do globo terrestre, pois, segundo levantamento, 61,5% do seu território é coberto por florestas, o que vem causando, nos últimos anos, uma discussão acirrada por parte das grandes nações sobre a sua preservação e outros temas, que não seria oportuno trazê-los à baila neste momento, assim como a afirmação, que povoou por muitos anos a mente dos estudiosos, de que a floresta amazônica seria o pulmão do mundo e, algum tempo depois se descobriu que na verdade esse pulmão seria o fundo do mar com seus plânctons e algas. Mas isso é assunto para uma outra oportunidade.
 
Precisamos nos ater a necessidade de preservamos o que Deus nos deu de melhor, que foi essa natureza maravilhosa, cobrando e fiscalizando sempre os governantes e parlamentares sobre a implantação de políticas públicas ambientais realmente eficazes para o meio ambiente, contra o desmatamento ilegal e, voltando mais para a área urbana, incentivando a população em geral, principalmente as crianças e adolescentes, que são o futuro do país, a plantarem e preservarem árvores, propiciando a eles um engajamento nessa luta pela arborização de nossas praças, escolas e todos os demais espaços públicos existentes, o que já estamos fazendo, com muito sucesso, desde o nosso primeiro mandato, com a criação do programa PlantAr, que consiste em levarmos o plantio de mudas de árvores frutíferas e ornamentais, do nosso cerrado a todas as comunidades do nosso munícipio, tanto em praças públicas como em escolas e demais logradouros, o que já propiciou mais de 40.000 mudas plantadas, com o apoio do poder público, da iniciativa privada e da população local,com a participação maciça dos moradores e, sobretudo, das crianças.
 
Na esteira do tema, gostaríamos de agradecer a todos que compareceram ao 25° PlantAr realizado no último dia 18/09, na EMEB Professora Elza Luiza Esteves, no bairro Canjica, que contou com a participação de representantes da Defesa Civil, ministrando palestra a cerca do combate às queimadas, com participação maciça da população de toda a região .
 
Somente com práticas como esta, vamos continuar nos beneficiando da nossa biodiversidade, de um ar cada vez menos poluído, das flores e frutos, da amenização da temperatura, das sombras que as árvores nos proporcionam, além de sua beleza paisagística. 
 
Mário Nadaf é advogado, professor, historiador, Vereador pelo Partido Verde e líder do partido na Câmara Municipal de Cuiabá    

Leia matérias relacionadas:

Lixo Tóxico
VILSON NERY

Lixo Tóxico

A empresa quer lucro,simplesmente assim, capitalismo selvagem na essência, e bancou a proliferação de lixo tóxico na política

O caso das OSCIPs
LUIZ HENRIQUE LIMA

O caso das OSCIPs

As Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público, conhecidas como OSCIPs, têm sido objeto de grande polêmica

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para

Enviando Comentário Fechar :/