Cuiabá, 16 de novembro de 2019

Isso é Notícia

MENU

TRANSPORTE PÚBLICO

Prefeitura defende lisura e diz que há nada de errado com licitação

Erro na Linha: #12 :: Undefined variable: charge_title
/home/issoenoticia/public_html/themes/issoenoticia/inc/sharebox.php

ALEXANDRE APRÁ ALEXANDRE APRÁ

Jornalista, diretor do Isso É Notícia

A Prefeitura de Cuiabá garatiu que não há nenhuma ilegalidade na participação de duas empresas que pertencem ao mesmo grupo empresarial na licitação do transporte público, que está em trâmite e é avaliada em R$ 263 milhões.

Nesta semana, o Isso É Notícia revelou que a Pantanal Transportes, uma das participantes e que já opera no sistema atual, é dona de outra empresa participante, a Rápido Cuiabá Transporte.

Em nota oficial, a Prefeiura informou que a Rápido Cuiabá faz parte de um grupo empresarial de empresas de transporte e isso não a impediria de participar da licitação.

"Para que possam participar do trâmite, as empresas interessadas não podem estar registradas no Cadastro das Empresas Inidôneas e Suspensas (Ceis), critério atendido pela empresa mencionada", diz a nota.

Confira a íntegra:

A respeito da participação de empresas na licitação do transporte coletivo, a Diretoria de Licitações e Contratos (Delc) informa que:
- A Rápido Cuiabá Transporte Urbano faz parte de um grupo de empresas de transporte.
- Isso não impede que a mesma participe da licitação.
- Para que possam participar do trâmite, as empresas interessadas não podem estar registradas no Cadastro das Empresas Inidôneas e Suspensas (Ceis), critério atendido pela empresa mencionada.
- O castrado é feito pela Controladoria Geral da União e está disponível no Portal da Transparência do Governo Federal.
-A administração não pode escolher ou direcionar qualquer contratação. Sendo assim, não há impeditivo legal para a participação da empresa no processo licitatório.

Leia matérias relacionadas:

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para

Enviando Comentário Fechar :/