Cuiabá, 22 de outubro de 2019

Isso é Notícia

MENU

TRILHA DE INOVAÇÃO

Projeto do governo busca desenvolvimento para região de Cáceres

Erro na Linha: #12 :: Undefined variable: charge_title
/home/issoenoticia/public_html/themes/issoenoticia/inc/sharebox.php
Reprodução/Internet

GOVERNO DE MT GOVERNO DE MT

www.mt.gov.br

Para promover o desenvolvimento da região de Cáceres, o governo de Mato Grosso elaborou o projeto “Ecossistema da Trilha de Inovação de Cáceres”. O objetivo é gerar renda e emprego, por meio da ciência, tecnologia e inovação.

O projeto vai atuar em várias frentes. O Governo e os parceiros vão levantar informações sobre o ecossistema local de inovação, a vocação econômica dos setores já instalados, o potencial de negócios futuros e as tendências de políticas e tecnologias. Será elaborado ainda um Radar de Inovação dos setores econômicos, que vai aferir o grau de maturidade do ecossistema para cada área estratégica.

O presidente da fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat), Adriano Silva, explica que a ideia é usar a cidade de Cáceres como piloto para essa nova metodologia. “Vamos fazer um diagnóstico da região, para depois apresentar um projeto de viabilidade. Com esse projeto, o Governo vai ter certeza de como fazer investimentos para fomentar a economia”.

A Fapemat coordena o projeto ao lado da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec). Alguns dos parceiros institucionais são a Fundação Certi, a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) e Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt).

Serão mapeados os gargalos e os pontos fortes de cada setor. Algumas das áreas que serão levadas em conta no projeto são: turismo, Hidrovia Paraguai-Paraná, Zona de Processamento de Exportação (ZPE), a região de fronteira, agropecuária, pesca, serviços públicos de educação e saúde. 

De acordo com o governador Mauro Mendes, a região de Cáceres ainda precisa encontrar o seu caminho para o desenvolvimento sustentável, com uma nova perspectiva de crescimento e geração de empregos.

“O que nós apresentamos é o desafio de criar um projeto que seja focado em resultado, que não seja mais uma fábrica de papel ou de ideias que não param de pé, para que nós possamos, nos próximos anos, implementar ações que promovam o desenvolvimento da região oeste de Mato Grosso”.

Leia matérias relacionadas:

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para

Enviando Comentário Fechar :/