Domingo, 07 de Março de 2021 05:36
65 99222-1842
CURTO E GROSSO BALANÇO ANUAL

Mauro´s gastam 80% de valor economizado com taxação de 35 mil aposentados de MT

Casa Civil e Governadoria gastaram em 2020 mais de R$ 164 milhões; Sefaz prevê R$ 200 milhões anuais a mais com a taxação de 35 mil aposentados

19/02/2021 10h16 Atualizada há 1 semana
Por: Alexandre Aprá
Mauro Carvalho e Mauro Mendes: gastos exorbitantes em seus gabinetes e taxação a aposentados
Mauro Carvalho e Mauro Mendes: gastos exorbitantes em seus gabinetes e taxação a aposentados

A Secretaria da Casa Civil, sob Mauro Carvalho, e o gabinete do governador Mauro Mendes (DEM), a chamada "Governadoria", empenharam um total de despesas no valor de R$ 164 milhões só no ano passado, segundo o "Balanço Anual Orçamentário de 2020" divulgado pelo próprio governo no Diário Oficial em obediência a uma lei de transparência pública de 1964.

O Isso É Notícia publicou duas reportagens sobre esse tema, nesta semana. Leia mais:

Gabinete de Mauro Mendes custou R$ 34 milhões aos cofres do Estado em 2020

Casa Civil de MT custou R$ 130 milhões ao erário só em 2020

O curioso é que os dois órgãos cujas funções são meramente administrativas gastaram no ano passado 82% do total de R$ 200 milhões anuais apontados pelo secretário de Fazenda, Rogério Gallo, como déficit orçamentário, caso os deputados de Mato Grosso não mantivessem o veto do governador que resultou na taxação de 14% sob os ganhos de mais de 35 mil aposentados e pensionistas que ganham até o teto do INSS no estado.

Por 12 votos a 11, o veto do governador acabou sendo mantido pelos deputado em polêmica votação realizada na semana passada.

Traduzindo: os aposentados de Mato Grosso estão sustentando os gastos pra lá de extravagantes da cúpula do Palácio Paiaguás.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias