Terça, 13 de Abril de 2021 00:20
65 99222-1842
VARIEDADES 'MOMENTO DE LOUCURA'

Padre é preso suspeito de assaltar três comércios em um dia no RS

Com ele, foram encontrados R$ 655, itens de higiene e produtos alimentícios

03/03/2021 16h14
Por: Redação Fonte: UOL
Padre é preso suspeito de assaltar três comércios em um dia no RS

Um padre católico foi preso na noite de ontem em Passo Fundo (a 288 km de Porto Alegre), suspeito de uma série de três assaltos a estabelecimentos comerciais. Os crimes ocorreram durante a tarde e a noite do mesmo dia. Ele foi preso com uma pistola falsa.

O suspeito, identificado como Elizeu Lisboa Moreira, de 28 anos, foi reconhecido pelas vítimas. Com ele, foram encontrados R$ 655, itens de higiene e produtos alimentícios levados de dois supermercados e uma farmácia.

A Brigada Militar foi alertada pelos comerciantes, que descreveram o suspeito como jovem, vestindo uma camisa azul e um boné vermelho. Ele teria ainda fugido em uma caminhonete Hyundai Ix35, que passou a ser procurada pelos policiais.

O veículo foi localizado no centro de Passo Fundo, momentos depois. Abordado e detido, Moreira foi levado à delegacia, onde apenas afirmou que cometeu os assaltos durante um "momento de loucura".

A caminhonete foi identificada como pertencente à arquidiocese da cidade.

Segundo as vítimas, Moreira parecia fazer as compras normalmente e, quando se dirigia aos caixas para pagar, anunciava o assalto. Ele ameaçava os funcionários dos estabelecimentos com uma pistola, encontrada e identificada pela polícia como sendo um simulacro.

Moreira foi ordenado padre em 2019 e desde então trabalhava em uma paróquia do município de Tapejara, pertencente à diocese de Passo Fundo. Ele não possuía antecedentes criminais.

Até a publicação desta reportagem, nenhum defensor do padre havia sido localizado. A diocese de Passo Fundo ainda não se manifestou sobre o caso - a matéria será atualizada assim que houver um pronunciamento de qualquer uma das partes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.