Terça, 13 de Abril de 2021 00:05
65 99222-1842
POLÍCIA ARRANCOU A LÍNGUA

PJC apreende menor que torturou e matou homem em Sorriso

O adolescente, de 17 anos, responderá pelos ato infracional de homicídio qualificado pelo emprego de tortura e meio cruel

07/04/2021 15h00 Atualizada há 5 dias
Por: Redação 3 Fonte: POLÍCIA CIVIL DE MT
PJC apreende menor que torturou e matou homem em Sorriso

A Polícia Civil de Sorriso (442 km ao norte de Cuiabá) esclareceu nesta quarta-feira (07.04), o homicídio mediante tortura ocorrido no município com a apreensão de um adolescente identificado como autor dos fatos. O adolescente, de 17 anos, responderá pelos ato infracional de homicídio qualificado pelo emprego de tortura e meio cruel.

O crime que vitimou Francisco Nunes, de 31 anos, ocorreu terça-feira (0604), em via pública na zona industrial. A vítima foi encontrada ainda com vida com sinais de tortura com braço direito visivelmente quebrado, dentes da frente arrancados, língua cortada, olhos roxos, além de ferimentos por disparos de arma de fogo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar socorro a vítima que já chegou sem vida ao Hospital Regional. Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as investigações conseguindo um vídeo com que mostravam as imagens do adolescente envolvido nos atos de tortura.

Com a identificação do suspeito, os policiais de Sorriso foram até a casa do menor na manhã desta quarta-feira (07) e realizaram a sua apreensão em flagrante. Ele foi conduzido à Delegacia de Sorriso, onde foi ouvido pelo delegado José Getúlio Daniel e autuado pelo ato infracional de homicídio qualificado pelo emprego de tortura e meio cruel.

Segundo o delegado o crime teria sido motivado pelo fato de a vítima ter denunciado o suspeito em uma situação envolvendo a delegacia da cidade. “A vítima denunciou o adolescente quando ele jogou pedras contra a delegacia e tentou queimar umas viaturas da Polícia Civil e muito provavelmente essa tenha sido a motivação do crime”, disse o delegado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.