Sábado, 10 de Abril de 2021 15:38
65 99222-1842
VARIEDADES PESCOÇO PRESO

Empresa é culpada por morte de homem esmagado por cadeira de cinema

Vítima, Ateeq Rafiq, ficou com o pescoço preso embaixo do assento por 15 minutos

07/04/2021 15h45
Por: Redação 3 Fonte: METRÓPOLES
Empresa é culpada por morte de homem esmagado por cadeira de cinema

A empresa de cinemas Vue Entertainment admitiu a culpa pela morte de um jovem de 24 anos, que ocorreu em 2018. A vítima, Ateeq Rafiq, morreu esmagada por uma cadeira de uma das salas de luxo do cinema, na cidade de Birmingham, na Inglaterra.

Segundo o relato da mulher da vítima, após o fim do filme, Ateeq procurava pela chave e celular embaixo da cadeira, quando o pescoço ficou preso. Ela tentou puxá-lo para levantar o apoio de pés que prendia o homem, mas os botões que controlavam a cadeira reclinável não funcionaram.

Após 15 minutos preso, Ateeq parou de respirar e morreu em decorrência de uma anóxia cerebral, em que o cérebro fica sem oxigênio.

Em 2019, o júri determinou que a morte havia sido acidental, mas um novo julgamento determinou que faltava uma barra que permitiria que o apoio de pés fosse levantado, o que apontou a empresa que administrava o cinema como culpada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.