Sábado, 08 de Maio de 2021 09:08
65 99222-1842
POLÍTICA AÇÃO DO MP

Juiz dá 72 horas para prefeito de Tapurah se defender sobre pedido de afastamento

MP afirma que Carlos Alberto Capeletti atua “diuturnamente” para inviabilizar qualquer ação do poder público que tenha como objetivo enfrentar e conter o avanço da Covid-19

28/04/2021 23h09 Atualizada há 1 semana
Por: Alexandre Aprá
Prefeito de Tapurah é alvo de ação do Ministério Público
Prefeito de Tapurah é alvo de ação do Ministério Público

A Justiça de Tapurah não analisou, de imediato, o pedido de afastamento do prefeito de Tapurah, Carlos Alberto Capeletti, acusado pelo Ministério Público Estadual de atuar “diuturnamente” para inviabilizar qualquer ação do poder público que tenha como objetivo enfrentar e conter o avanço da Covid-19.

O MP ainda pede que a Justiça aplique multa de R$ 885 mil.

No dia 23, mesma data em que o MP moveu a ação, o juiz Bruno Cesar Singulani França, da Vara Única de Tapurah, deu 72 horas para que o prefeito se manifeste sobre o pedido de afastamento.

A notificação foi feita no dia 26 de abril.

Só após as informações prestadas é que o pedido de afastamento deve ser analisado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.