Quinta, 13 de Maio de 2021 07:55
65 99222-1842
OPINIÃO ANTÔNIO WAGNER

Dia do Trabalhador e as perdas inflacionárias dos servidores do Poder Executivo

Feliz primeiro de Maio a todos os trabalhadores públicos e privados do estado de Mato Grosso e do mundo!

02/05/2021 09h59
Por: Redação 3 Fonte: EDMUNDO CÉSAR E ANTÔNIO WAGNER OLIVEIRA
Dia do Trabalhador e as perdas inflacionárias dos servidores do Poder Executivo

Neste 1º de Maio, dia Internacional do Trabalhador, é importante que se reestabeleça a verdade dos fatos.

Diante da maior campanha de difamação do serviço e servidores públicos da história recente, campanha articulada e financiada em maior parte pelos governos Federal e Estadual eleitos, inclusive, com votos desses mesmos trabalhadores, hoje atacados e diminuídos junto a opinião pública.

Diante das falas do Secretário de Estado de Fazenda de Mato Grosso, Sr Rogério Gallo, de que as PERDAS INFLÁCIONÁRIAS que corroem os salários dos servidores do poder executivo desde 2018, não somavam mais de 10% (o que já não seria pouco, diga-se!) faz-se necessário o REESTABELECIMENTO DA VERDADE.

Uma NOTA TÉCNICA preparada pelo pela assessoria do SINPAIG detalha para qualquer leigo entender, ano a ano, índice a índice e lei a lei, as perdas reais que vêm amargando e desestruturando as finanças dos mais de 100 mil servidores do poder executivo e tirando milhões de reais do comércio e demais setores econômicos de Mato Grosso.

Quem são esses trabalhadores públicos? São os médicos, enfermeiros e Técnicos que exaustos física e emocionalmente, estão salvando nossas vidas nos Hospitais e UPA’s nessa pandemia horrenda e antes dela, são policiais civis e militares que se dedicam para garantir a segurança diária de nossas famílias. São Peritos criminais, papiloscopistas que lutam para esclarecer crimes.

São os educadores, merendeiras, porteiros e Técnicos administrativos das escolas onde nossos filhos estudam e recebem o carinho e conhecimento para evoluírem no mercado de trabalho um dia. São profissionais da Área meio (economistas, Advogados, Contabilistas etc), que invisíveis dentro das repartições, cuidam de licitações para os remédios chegarem aos hospitais, cuidam para que as finanças estaduais não sejam dilapidadas e mal geridas por gestores incompetentes e oportunistas.

Enfim, são os servidores os profissionais que buscam garantir um estado de bem estar social para todos, embora recebam em troca ataques e desmerecidas acusações de serem o grande mal das finanças do estado, quando renúncias fiscais batem a casa dos dois dígitos de bilhões de reais, onde a sonegação quase nunca é combatida nem punida quando praticada pelos barões financiadores das campanhas políticas. Os mesmos que usam seu poder para atacar os serviços públicos e confundir a sociedade com essa narrativa falaciosa.

Nesse 1º de Maio, os servidores estaduais ganharam de “presente” o fim do revezamento em tele-trabalho que lhes garantia alguma segurança, sendo obrigados a retornarem na segunda feira próxima a repartições com dezenas e até centenas de pessoas, tão próximas as outras que um simples espirro de alguém contaminado pela Covid pode causar um surto dentro de um setor qualquer e colocar a todos em RISCO DE VIDA.

O governo é desumano e assim faz questão de se mostrar, para ninguém ter dúvidas. É um governo que privilegia os BARÕES RICAÇOS em detrimento do povo e dos seus próprios colaboradores.

Assim, é importante que se diga, não são “apenas” 10% de perdas inflacionarias que amargam os servidores. São mais de 20% que desde 2018 somam-se mês a mês em perdas que prejudicam a estes trabalhadores e todo comércio de Mato Grosso por tabela. Perdas que somam-se aos confiscos nas aposentadorias, inclusive de pessoas portadores de doenças graves como câncer, Aids, cegueira, cardiopatia graves entre outras.

Mas sempre foi assim e sempre haverá luta para que não continue sendo. Mas um dia, os ‘“maus” gestores passarão, enquanto os servidores, passarinhos”, nos permitam a licença poética!

Feliz primeiro de Maio a todos os trabalhadores públicos e privados do estado de Mato Grosso e do mundo!

EDMUNDO CÉSAR é Economista, Analista da Área Meio e Presidente do SINPAIG MT
ANTÔNIO WAGNER OLIVEIRA é Advogado, Analista da Área Meio e Secretário Geral do SINPAIG MT

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.