Quinta, 13 de Maio de 2021 09:19
65 99222-1842
BRASIL RECURSOS ÀS BASES

Guedes diz que PT ganhou quatro eleições 'merecidamente' após criar o Bolsa Família

Ministro da Economia destacou, porém, que o benefício nunca foi de R$ 600 como o Auxílio Emergencial

04/05/2021 17h07
Por: Redação 3 Fonte: ESTADÃO
Guedes diz que PT ganhou quatro eleições 'merecidamente' após criar o Bolsa Família

"O PT teve realmente a belíssima iniciativa de fazer um programa de transferência de renda importante. Ganhou quatro eleições seguidas merecidamente porque fez a transferência de renda para os mais frágeis. Um bom programa, que envolvia poucos recursos e que tinha altíssimo impacto social, e que foi até inspiração para fazermos o dinheiro chegar na base", afirmou, em audiência pública na Câmara dos Deputados.

O ministro ressaltou, porém, que o valor do Bolsa Família não foi de R$ 600,como o auxílio emergencial no ano passado, porque não havia recursos disponíveis.

"Na democracia, você dá mérito ao que for bem feito, mas explica porque não feito antes. O auxílio de R$600 não foi feito antes porque exige bases de financiamento sustentáveis no longo prazo. O próprio PT, que esteve no governo tanto tempo, não botou o Bolsa Família de R$ 600. Era R$ 170 porque o dinheiro tem que ser apanhado em outro lugar", completou.

Paulo Guedes disse que o governo deve lançar, em breve, um programa para os chamados “invisíveis”, pessoas que não têm emprego formal nem são cobertas por medidas de auxílio econômico governamentais. O ministro voltou a citar o programa Bônus de Inclusão Produtiva (BIP) e disse que deve “soltar isso brevemente”.

Em entrevista ao jornal O Globo no domingo, Guedes disse que o BIP deve pagar entre R$ 200 e R$ 300 para pessoas que fizerem curso preparatório para o mercado de trabalho. “Algum programa nós vamos dirigir para os invisíveis. Para quem não tem nem BPC nem Bolsa Família e estão andando por aí em busca de seu ganha-pão. É o nosso principal desafio”, afirmou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.