Terça, 22 de Junho de 2021 02:39
65 98157-3554
Senado Federal Senado Federal

Girão critica votação de projeto na Câmara que viabiliza produtos à base de maconha

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) criticou a votação de projeto de lei em análise na Cãmara dos Deputados que viabiliza a comercialização de med...

11/05/2021 22h05
Por: Redação Fonte: Agência Senado
Reprodução/TV Senado
Reprodução/TV Senado

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) criticou a votação de projeto de lei em análise na Cãmara dos Deputados que viabiliza a comercialização de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da planta Cannabis sativa em sua formulação (PL 399/2015). A matéria está sendo analisada em uma comissão especial da Casa.

— A gente sabe os interesses que estão por trás disso tudo. São indústrias poderosas que não querem se preocupar com quantas gerações nós vamos perder, querem o lucro. Esse lobby poderoso que atua aqui na calada da noite, que atua há muitos anos no Congresso Nacional, está próximo de conseguir algo que é nefasto — afirmou.

O senador ressaltou que o Congresso tem outras prioridades para serem votadas na pandemia, como as reformas tributária e administrativa. Para ele, o projeto quer transformar o Brasil no maior produtor e exportador de maconha do mundo, facilitando a comercialização de produtos à base de Cannabis, como gêneros alimentícios e cosméticos. 

Em relação a fabricação de medicamentos para doenças como epilepsia refratária, Girão afirmou que não é preciso fazer plantio de maconha para produzir esse tipo de remédio, pois é tudo feito em laboratório. 

Girão destacou ainda que a a Polícia Federal não tem condições de controlar o plantio de maconha no Brasil por conta da extensão do país.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.