Sábado, 23 de Outubro de 2021
32°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

POLÍTICA R$ 77 MILHÕES

Livros comprados pelo Governo de MT são os mesmos que os fornecidos de graça pelo MEC

Denúncia foi feita por professor que comparou exemplar de apostila comprada pela Seduc-MT com o material disponibilizado gratuitamente pelo Governo Federal

20/05/2021 às 08h03 Atualizada em 21/05/2021 às 07h39
Por: Alexandre Aprá
Compartilhe:
Secretário da Seduc-MT, Alan Porto, e governador Mauro Mendes comemoraram novos livros 'inovadores'
Secretário da Seduc-MT, Alan Porto, e governador Mauro Mendes comemoraram novos livros 'inovadores'

Os 1,3 milhões de livros paradidáticos adquiridos pelo Governo de Mato Grosso a um custo de R$ 77 milhões contém material plagiado de livros elaborados pelo Ministério da Educação.

A denúncia é do  professor Rodrigo Gimenes Vila, da Escola Jaiminho, em Várzea Grande, que mostrou, nas redes sociais do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep-MT), que no livro novo comprado pelo Estado há o mesmo conteúdo, textos e fotos dos livros que já são recebidos por Mato Grosso sem qualquer custo do Governo Federal.

"A apostila 'inovadora' que está sendo feito uma propaganda tremenda que foi investido não sei quanto milhões é, na verdade, é a mesmo livro didático que nós recebemos pelo plano nacional do livro didático. É o mesmo material"

Dois exemplares de livros, um comprado pela Seduc e outro fornecido pelo MEC: textos e fotos idênticas com mudança apenas no layout

No vídeo, o professor faz a comparação entre dois livros do 8º ano do Ensino Fundamental - um fornecido gratuiamente pelo MEC e o comprado pelo Governo de MT por R$ 77 milhões - que são exatamente o mesmo.

"Será que foi viável ter investido milhões nessas apostilas? Fica aí minha dúvida. Comprar um material que já existe, que já veio pelo Governo Federal, a um preço de milhões?"

Confira a denúncia do Sintep/VG e fotos da comparação dos livros comprados pela Seduc com os fornecidos pelo MEC:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.