Terça, 22 de Junho de 2021 23:20
65 98157-3554
POLÍCIA DERF RONDONÓPOLIS

Polícia Civil prende suspeitos de receptação e recupera objetos furtados avaliados em mais de R$ 20 mil

Entre os presos estão mulher de 36 anos e um jovem de 19 anos que estavam ocultando em suas respectivas residências objetos diversas ferramentas furtadas

11/06/2021 10h17
Por: Redação 2 Fonte: POLÍCIA JUDICIÁRIA CIVIL MT
 Polícia Civil prende suspeitos de receptação e recupera objetos furtados avaliados em mais de R$ 20 mil

Ferramentas e equipamentos eletrônicos furtados, avaliados em mais de R$ 20 mil, foram recuperados pela Polícia Civil em Rondonópolis, na tarde desta quinta-feira (10.06). Na ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF), duas pessoas foram presas pelo crime de receptação.

Entre os presos estão mulher de 36 anos e um jovem de 19 anos que estavam ocultando em suas respectivas residências objetos diversas ferramentas furtadas. Os objetos recuperados são provenientes de dois furtos ocorridos na cidade. Um deles foi a uma empresa localizada na BR-364, na madrugada do dia 09 de junho.

A investigação aberta pela equipe da DERF para apurar o furto levou os investigadores a uma residência no bairro Pedra 90, onde foram localizados um macaco hidráulico, um cpu e um monitor.

Ainda em continuidade as buscas na residência foram encontradas uma máquina de solda e outras ferramentas furtadas, além de uma porção de maconha. Questionada sobre os produtos, a suspeita disse que havia comprado porém não soube explicar a origem.

Em continuidade as diligências, os policiais foram até a outra casa no mesmo bairro onde estariam outros produtos. No local, foi encontrado um balde preto com várias ferramentas, computadores, miniaturas de carros de coleção, R$ 200 em dinheiro, além de uma vasilha de plástico com resquícios de maconha e uma balança de precisão.

Diante dos fatos, os dois suspeitos foram conduzidos à Derf Rondonópolis onde após serem interrogados pelo delegado João Paulo Praisner, foram autuados em flagrante pelo crime de receptação. O delegado não arbitrou fiança aos suspeitos que foram colocados à disposição do Poder Judiciário.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.