Terça, 22 de Junho de 2021 23:30
65 98157-3554
POLÍTICA CRÍTICAS AO GOVERNO

Deputado diz que Mauro vai levar 'taca' na eleição se continuar batendo em Bolsonaro

Para Medeiros, a única maneira de Mendes não perder a eleição do próximo ano é mudando sua postura

11/06/2021 14h12 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação 3 Fonte: DA ASSESSORIA
Deputado diz que Mauro vai levar 'taca' na eleição se continuar batendo em Bolsonaro

Vice-líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara Federal, o deputado federal José Medeiros (Podemos) afirma que a reeleição do governador Mauro Mendes (DEM) está comprometida em função das críticas que o democrata vem fazendo ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seu governo.

Para Medeiros, a única maneira de Mendes não perder a eleição do próximo ano é mudando sua postura e reconhecendo publicamente tudo que a gestão Bolsonaro vem fazendo de positivo para o estado.

“As críticas ao presidente são infundadas e demonstram claramente uma tentativa de desviar o foco, transferindo para a União os erros cometidos pela gestão estadual. Para não levar ‘taca’ na eleição de 2022, Mauro precisa calçar a sandália da humildade e apoiar o Bolsonaro. Ele precisa esquecer o tucano João Dória [governador de São Paulo] e respeitar o povo mato-grossense, que em sua maioria apoia o presidente Bolsonaro”, disse Medeiros.

Além das inúmeras obras do governo Federal em Mato Grosso e o aporte financeiro destinado ao estado nesta pandemia, Medeiros cita a eficiência do plano nacional de imunização e destaca que o estado já recebeu mais de 1 milhão de doses de imunizantes contra a Covid-19.

“Existiram relatos de atraso na distribuição e aplicação das vacinas em nosso estado. Porém, essa etapa do processo compete ao governo estadual e às prefeituras. O governo Federal está cumprindo a sua parte, resta agora o governador deixar as picuinhas de lado e fazer a sua”, comenta o parlamentar. Ele cita ainda, que a União já enviou para todo o país mais 90 milhões de doses da vacina.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.