Terça, 22 de Junho de 2021 22:49
65 98157-3554
POLÍCIA NOVO CANGAÇO

Bandidos mortos pelo Bope já assaltaram bancos no Nordeste

Três dos criminosos mortos já foram identificados

11/06/2021 16h16
Por: Redação 3 Fonte: FOLHAMAX
Bandidos mortos pelo Bope já assaltaram bancos no Nordeste

Pelo menos dois bandidos mortos pela Polícia Militar, que assaltaram agências bancárias no município de Nova Bandeirantes (997 KM de Cuiabá), possuem antecedentes criminais em Estados da região Nordeste.

Na última quinta-feira (10), quatro assaltantes foram mortos em confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), após se esconderem durante seis dias numa região de mata.

Um dos bandidos mortos, identificado como Maciel Gomes de Oliveira, tinha 36 anos e seria de Pernambuco, integrante do bando liderado por “Márcio Gordo”, quadrilha que assalta bancos no Nordeste. Ele residia em Alta Floresta (800 KM de Cuiabá).

Outro assaltante, identificado como Romário de Oliveira Batista, o “Romarinho”, tinha 35 anos e era do Piauí. Contra ele, há registros de assaltos na Bahia e também em Pernambuco.

 

O terceiro assaltante, Luiz Miguel Melek, foi morto aos 40 anos e era do Paraná. Ele também morava em Alta Floresta. O quarto membro da quadrilha que perdeu a vida ao enfrentar a PM ainda não foi identificado.

ASSALTO

Ao menos 12 bandidos assaltaram duas agências bancárias (do Sicred e do Sicoob) na cidade de Nova Bandeirantes. Os criminosos fugiram levando reféns, que foram abandonados na estrada, no último dia 4 de junho. Os bandidos teriam levado R$ 900 mil das instituições financeiras.

Forças de segurança de pelo menos três Estados montaram uma operação para localizar os bandidos. Policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) vem tentando localizar os criminosos, e contam com a ajuda de agentes de segurança pública de Rondônia e do Pará.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.