Segunda, 02 de Agosto de 2021 02:24
65 98157-3554
VARIEDADES GERAÇÃO Z

Anitta e Gil do Vigor são referências para os jovens, diz pesquisa

Além de artistas pops prediletos, a Yubo questionou como a participação de Gil no BBB afetou jovens LGBTQIA+ em termos de representatividade

22/06/2021 16h55
Por: Redação 3 Fonte: METRÓPOLES
Anitta e Gil do Vigor são referências para os jovens, diz pesquisa

Quando o assunto é representatividade, qual artista vem em sua mente? Para os jovens LGBTQIA+ que tem idade entre 13 e 25 anos de idade, Anitta, Pabllo Vittar e Gil do Vigor estão no topo da lista, segundo uma pesquisa realizada pelo Yubo, aplicativo de live streaming voltado para a Geração Z.

Para entender a preferência do público, o levantamento feito pela empresa partiu de duas perguntas: qual era o ídolo pop preferido dos entrevistados e se eles sentiam que o Gilberto Nogueira, do BBB21, havia os ajudado a expressar a sua sexualidade sem preconceitos.

Na primeira pergunta, o primeiro lugar do pódio ficou com Anitta, que teve 37,2% dos votos. Em seguida, Pabllo Vitar com 21,8%, à frente de Gloria Groove que levou 15,3%. Aparecem na lista ainda: Luísa Sonza (9,3%), Ru Paul (3,5%), Lia Clark (2%) e Pepita (0,9%).

Gil no BBB21

Para a maioria dos entrevistados da Yubo, a participação de Gil no Big Brother Brasil 21 os ajudou, de alguma maneira, a expressar melhor sua sexualidade. Na avaliação de 55,8%, a presença de Gil do Vigor no BBB foi inspiradora, enquanto para 44,2%, não.

À época do reality show, em diversos momentos Gil falou sobre sua dificuldade em aceitar sua sexualidade. Fora da casa, Dona Jacira, a mãe do economista, chegou a afirmar que o filho se escondeu “a vida toda”.

“Ele escondeu a vida toda, teve que se reprimir e sofreu porque viveu dentro de uma religião muito homofóbica. Ele achava que uma hora aquilo ia passar. Era assim que ele aprendia lá dentro. Da minha parte, sempre o apoiei. Sempre soube que ele era gay. Uma mãe sempre sabe. Pode ter algumas que fingem que não sabem, mas sabem, sim. Sei disso desde que ele era criança. Quando ele se abriu para mim, eu disse que já sabia. Sempre amei e apoiei o meu filho”, desabafou.

Durante sua festa do líder no programa, Gil também também falou que o pai não tinha aceitado sua orientação sexual e ouviu que ele “era uma vergonha”. Dona Jacira disse que realmente isso aconteceu, mas que hoje o pai torce para o filho no BBB.

“O pai falou no passado que ele tinha vergonha porque ele foi participar de desfile de moda. Mas deixa para lá que nem quero falar do pai dele… Se o pai aceitou ou não, não sei. Isso está dentro da pessoa. Mas, aparentemente, está apoiando o Gilberto no programa. Mas não converso com ele sobre isso. O encontro muito pouco”.

Encontro de referências

Vale lembrar o encontro entre as duas referências para os jovens LGBTQIA+ dentro do BBB. Em uma festa na casa, Gil não conteve a emoção ao presenciar a apresentação de Pabllo Vittar, a qual é fã.

O economista se debulhou em lágrimas ao cantar o hit Indestrutível, um dos mais conhecidos da cantora. À época, o brother foi consolado pelo amigo João Luiz, depois de gritar trechos da música sob forte emoção.

A cantora também foi impactada e, em certo ponto da canção, precisou pausar a performance, pois estava comovida.

Veja o vídeo:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.