Segunda, 02 de Agosto de 2021 01:57
65 98157-3554
VARIEDADES PROJETO SUSTENTÁVEL

Estudante cria fusca movido à base de energia solar e eólica com sucata

Sagun teve a ideia quando se conscientizou sobre os danos severos que as emissões de dióxido de carbono causam ao meio-ambiente

21/07/2021 15h42
Por: Redação 3 Fonte: SOCIENTIFICA
Estudante cria fusca movido à base de energia solar e eólica com sucata

Provavelmente você deve imaginar que o desenvolvimento de um fusca movido à base de energia solar e eólica custa caro, certo? Errado! Um estudante na Nigéria criou um automóvel exatamente assim gastando menos de 6 mil dólares, com materiais de sucata.

Sagun Oyeyiola, idealizador do projeto, cursa engenharia na Universidade Obagemi Awolowo e passou um ano adaptando os materiais doados por amigos e familiares. Sagun teve a ideia quando se conscientizou sobre os danos severos que as emissões de dióxido de carbono causam ao meio-ambiente, então decidiu agir!

fusca movido à base de energia solar
Imagem: Divulgação/ Empório do Fusca

Além do fusca movido à base de energia solar e eólica apresentar benefícios à natureza, conta com um GPS, usado para monitorar seu funcionamento. O estudante apresentou ao mercado uma ótima alternativa sustentável, ou seja, que se baseia em recursos naturais.

Profissionais renomados se surpreenderam com o fusca movido à base de energia solar e eólica

O painel solar fica no topo do carro, enquanto a turbina eólica foi instalada no capô, para não prejudicar a estética do fusquinha. O diretor do departamento de Engenharia Física da Universidade de McMaster, Dr. John Preston, afirmou que nunca viu nada parecido com a ideia de Sagun.

O grande destaque ficou por conta do GPS instalado no fusca movido à base de energia solar e eólica, capaz de acompanhar a saúde do veículo. “Se você pudesse encontrar uma maneira de usar tanto a eólica e a solar no mesmo veículo, que seria uma coisa maravilhosa”, disse ele. “Por exemplo, usando a eólica e a solar significa que você não tem que dirigir apenas durante o dia. Se ele figurou uma maneira de fazê-lo, isso seria bastante notável”, completou.

Imagem: Divulgação/ Empório do Fusca

Conforme explica Preston, ainda fascinado pela criação de Oyeyiola, a turbina eólica no capô permite que o ar flua para a grade enquanto o carro se movimenta. Mesmo com tantos benefícios, o veículo apresenta, então, um fator que precisa ser melhorado: a bateria, que leva de quatro a cinco horas para carregar totalmente.

Sagun diz já estar trabalhando nessa questão, e quando questionado sobre o futuro, ele afirma que além do fusca movido à base de energia solar e eólica, pretende criar outros automóveis com a mesma tecnologia. Ao perguntarem sobre o destino do fusquinha, ele foi enfático: “Manter a melhorar nele, até que se torne carro do futuro da Nigéria”.

Sem dúvidas, uma criação como a do estudante muda completamente a visão que as pessoas têm sobre a indústria automobilística. Sendo assim, só nos resta acompanhar essa história de perto para descobrir as novas possibilidades que surgirão por meio dela.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.