Sábado, 23 de Outubro de 2021
31°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

JURÍDICAS OPERAÇÃO SANGRIA

Ex-diretor de grupo revela propina de R$ 230 mil na Copa de 2014

Marco Cortes disse que dinheiro serviu para garantir prestação de serviços médicos durante evento

13/09/2021 às 10h53 Atualizada em 13/09/2021 às 19h43
Por: Redação 2 Fonte: REDAÇÃO MÍDIA NEWS
Compartilhe:
O ex-diretor da Proclin, Marco Aurélio Cortes, que citou propina durante evento
O ex-diretor da Proclin, Marco Aurélio Cortes, que citou propina durante evento

O ex-diretor geral do Grupo Prox, Marco Aurélio Carvalho Cortes, afirmou que houve o pagamento de R$ 230 mil para prestação de serviços médicos durante a Copa do Mundo de 2014.

A informação consta nas alegações finais do Ministério Público Federal do processo proveniente da segunda fase da operação, protocoladas para o juiz Paulo Sodré, da 7ª Vara Federal de Cuiabá no dia 27 de agosto.

O grupo Prox era integrado pelas empresas ProClin e Qualycare e é investigado no âmbito da Operação Sangria.

A operação – que conta com duas fases - apura irregularidades em licitações e contratos firmados pela Prefeitura de Cuiabá e Governo do Estado com o grupo.

Já a segunda fase da ação investiga o grupo por atrapalhar as investigações.

Ao juízo da Vara Federal, Marco Aurélio – que figura como testemunha do caso - revelou que o grupo havia desembolsado a título de propina os R$ 230 mil para prestar os serviços à época da Copa do Mundo, em junho de 2014. 

À época o Estado estava sob gestão do Silval Barbosa e a Saúde era comandada por Jorge Lafetá.

Outra testemunha do caso, a médica cardiologista Andrea Roledo confirmou a prestação de serviços pelo grupo ao Estado

“Citou ainda um pagamento de propina no valor de R$ 230.000,00 para prestação de serviços médicos da Copa do Mundo de 2014. A testemunha Andrea R., médica, confirmou que a prestação de serviços médicos na Copa do Mundo 2014 foi feita pelas empresas do Grupo Prox”, consta em trecho do documento do MPF.

NOTÍCIAS QUENTES -  Acesse o grupo do Isso É Notícia no Whatsapp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

Veja trecho do documento:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.