Sábado, 23 de Outubro de 2021
31°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

OPINIÃO MARCELO PORTOCARRERO

"Alea jacta est"

Momento exige que todos participem do que resta de espaço para reequilibrar Poderes

13/09/2021 às 19h31
Por: Redação 3 Fonte: MARCELO PORTOCARRERO
Compartilhe:

Caso não tenham percebido antes, grande parte dos caminhoneiros já estava pensando em parar o país quando aderiram às manifestações. Também seria razoável tivéssemos considerado que as consequências de uma ação nesse sentido chegaria até nós em muito pouco tempo.

 

A alguns dias vem sendo dado o alerta para que todos façam compras sem exageros e constituam reserva de alimentos e gêneros de primeira necessidade para enfrentar uma eventual escassez

 

Por essa e outras razões ainda mais prementes o momento exige que todos participem do que resta de espaço e tempo para reequilibrar os Poderes da República. Um esforço a ser feito até o último instante no sentido de evitar o caos que haverá de existir para todos se, de fato, não for impedida a ruptura entre eles.

 

Muitos dizem que essa ruptura já houve, mas o fato de todas as manifestações terem acontecido de forma pacífica é prova de que ainda não, que ainda temos tempo, pouco, mas temos.

 

O que vai acontecer a partir de amanhã é imprevisível porque vai depender somente da vontade política e não mais da popular. A população já expôs seu desejo e o fez de forma pacífica, com todos as letras e de todas as formas possíveis, inclusive pelas forças armadas ao nelas se fazerem representar pelo Ministro da Defesa usando uma camisa com a bandeira do Brasil e ao lado do Presidente da República. Só não entendeu quem não quis.

 

No entanto, ao cair da noite do dia 7 de Setembro a corda, melhor dizendo, o meio de ligação que existia entre os três poderes da República foi violentamente retirada pela intolerância da extrema imprensa através de mais uma demonstração de seu viés irresponsável e tendencioso quanto procurou ridicularizar a voz do povo ao desrespeitar a grande maioria das pessoas do país que foi às ruas para expressar sua opinião sobre o que está acontecendo.

 

É por causa da permanente oposição ao governo por parte dessa parcela de empresas de comunicação que a partir de agora o Brasil corre sério risco de parar. Para evitar isso será preciso que o Poder Legislativo e o Poder Executivo ajam em harmonia e façam com que o STF, (Poder Judiciário), reveja seu papel na cogestão do país. Não bastará a ele mudar o rumo que alguns de seus membros decidiram seguir, será preciso refazer muito do que já foi feito em aparente desconformidade com nossa Constituição.

 

O que presenciamos a partir de ontem confirmou que a extrema imprensa não existe mais como meio de comunicação, ela se tornou refém de suas próprias atitudes e responsável pela mudança nos planos dos caminhoneiros que ajudaram a promover as manifestações.

 

Antes haveria tempo suficiente para que fosse negociada a não paralisação que disseram fariam caso não fossem ouvidas suas reivindicações, entretanto, já deu para perceber que a postura intransigente e beligerante de algumas empresas de comunicação é uma das causas da redução do tempo dado pelos caminhoneiros. Eles já comunicaram através das gravações que estão sendo repassadas pelo WhatsApp que o prazo para seu início acabará em 24 horas a partir de hoje, 08 de setembro de 2021.

 

Marcelo Augusto Portocarrero é engenheiro civil

 

NOTÍCIAS QUENTES - Acesse o grupo do Isso É Notícia no WhatsApp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.