Sexta, 24 de Setembro de 2021
30°

Tempo aberto

Cuiabá - MT

COTIDIANO DOSES DE REFORÇO

Cuiabá aguarda Ministério da Saúde para poder iniciar terceira fase de vacinação

Capital ainda não recebeu as vacinas para esta finalidade

14/09/2021 às 17h56 Atualizada em 15/09/2021 às 10h54
Por: Redação 3 Fonte: PREFEITURA DE CUIABÁ
Compartilhe:
Cuiabá aguarda Ministério da Saúde para poder iniciar terceira fase de vacinação

Até esta terça-feira (14) Cuiabá não recebeu as vacinas direcionadas para a dose de reforço, que o Ministério da Saúde anunciou em 25 de agosto. Segundo a divulgação do Ministério, a aplicação será direcionada para idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos a partir do dia 15 de setembro.

“Mais uma vez Cuiabá está sendo prejudicada por não receber vacinas para este novo grupo. Apesar de já ter sido largamente divulgado na imprensa de que a vacinação da dose de reforço começa nesta quarta-feira, 15 de setembro, a capital de Mato Grosso novamente não poderá começar essa vacinação na data proposta simplesmente porque não recebeu as doses para isto”, indignou-se o prefeito Emanuel Pinheiro.

Da mesma forma, Cuiabá também não recebeu ainda as doses para o público de 12 a 17 anos. “Está previsto recebermos uma remessa esta semana, mas de acordo com a Comissão Intergestora Bipartite, que é responsável pela pactuação das vacinas, as doses que receberemos serão apenas para primeira aplicação do público acima de 18 anos”, revelou a coordenadora da campanha de vacinação, Valéria de Oliveira.

Até o momento, 83,7% de toda a população acima de 18 anos já tomou a primeira dose da vacina contra o coronavírus e 46,7% já está com o esquema vacinal completo, por ter tomado a segunda dose ou vacina de dose única. Foram aplicadas ao todo até esta quinta-feira, mais de 598 mil doses, o que corresponde a 79,5% de todas as vacinas recebidas pela capital.

NOTÍCIAS QUENTES - Acesse o grupo do Isso É Notícia no WhatsApp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.