Sábado, 23 de Outubro de 2021
31°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

BRASIL ASSEGURIDADE

Comissão aprova projeto que dá prazo de 24 horas para laudo pericial em violência contra mulher

Texto inclui a medida no Código de Processo Penal Fonte: Agência Câmara de Notícias

16/09/2021 às 09h49 Atualizada em 16/09/2021 às 09h51
Por: Redação 2 Fonte: AGÊNCIA CÂMARA DE NOTÍCIAS
Compartilhe:
Aluisio Mendes: é preciso inserir na lei mecanismos para responsabilização dos autores dos crimes
Aluisio Mendes: é preciso inserir na lei mecanismos para responsabilização dos autores dos crimes

A Comissão Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou proposta determinando que o laudo do exame de corpo de delito realizado em mulher vítima de violência doméstica seja elaborado em até 24 horas. O mesmo prazo valerá para os casos de violência contra criança, adolescente, idoso ou pessoa com deficiência.

Atualmente, esses tipos de crimes já têm prioridade de atendimento nos institutos médico-legais (IMLs), que realizam os exames. Mas não há prazo para conclusão dos laudos.

O texto aprovado é o substitutivo da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher ao Projeto de Lei 4471/19, de autoria do deputado Expedito Netto (PSD-RO). O parecer do relator, deputado Aluisio Mendes (PSC-MA), foi pela aprovação da proposta na forma do substitutivo.

O texto inclui a medida no Código de Processo Penal. A proposta original cria uma nova lei.

O relator concorda que é preciso inserir na lei "mecanismos que favoreçam a responsabilização dos autores dos crimes de violência sexual contra as mulheres, contribuindo, assim, para a redução dessa prática que tanto vitimiza a população brasileira".

Tramitação

A proposta será analisada agora, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

NOTÍCIAS QUENTES -  Acesse o grupo do Isso É Notícia no Whatsapp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.