Terça, 26 de Outubro de 2021
26°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

VARIEDADES MUNDO BIZARRO

Em caso raro, homem fica 2 anos ejaculando pelo ânus e defecando pelo pênis

No relato de caso, esse homem de 33 anos chegou ao hospital com queixas de dores nos testículos e com a ejaculação pelo ânus

23/09/2021 às 16h44
Por: Redação 3 Fonte: UOL
Compartilhe:
Em caso raro, homem fica 2 anos ejaculando pelo ânus e defecando pelo pênis

Um caso raro chamou a atenção de médicos de uma universidade dos Estados Unidos. No artigo intitulado de "Um Caso Curioso de Ejaculação Retal", publicado no Cureus Journal of Medical Science, eles relatam a história de um paciente que passou 2 anos ejaculando e urinando pelo ânus.

No relato de caso, esse homem de 33 anos chegou ao hospital com queixas de dores nos testículos e com a ejaculação pelo ânus. Além disso, o paciente citou a presença de gases durante ou depois de urinar, condição que recebe o nome de pneumatúria, e o surgimento de fezes junto ao xixi —chamada de fecalúria.

Após a equipe realizar diversos exames, as imagens revelaram a presença de uma fístula na região do reto com o trato urinário —o que causa todos esses sintomas citados pelo homem. A possível causa deste pequeno "buraco" foi investigada com afinco pelos médicos.

Eles descartaram causas infecciosas, como tuberculose, além de inflamações na região intestinal. O paciente também negou cirurgias ou penetrações e possíveis traumas no reto.

De acordo com Roni Fernandes, urologista e diretor de comunicação da SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), fístulas são mais comuns em casos já avançados de câncer de próstata ou de colo de útero.

"O câncer, já bem avançado, não é tão frequente na idade dele. A diverticulite, que pode 'furar' essa região, também não é muito comum nesta idade", explica. Os médicos também descartaram as duas possibilidades citada pelo urologista.

O que eles descobriram, por fim, é que o paciente passou três semanas em coma após uma overdose de cocaína e fenciclidina, dois anos antes do ocorrido. Os pesquisadores concluíram que uma sonda na região da uretra, pelo tempo prolongado que passou internado, pode ter causado a fístula na região.

"Essa história da sonda parece muito provável. Um cateter nesse canal da uretra pode gerar uma infecção ali, causando essa fístula", explica Fernandes.

Com essa informação, os médicos realizaram uma cirurgia para corrigir o problema, que foi bem-sucedida. Caso a situação não fosse resolvida, as consequências poderiam ser ainda mais graves, como infecção, seguida de sepse e morte.

Outro fato que chama atenção é o tempo de espera que o paciente levou para procurar ajuda. "Casos como esse mostram como é importante buscar ajuda no surgimento de sintomas. Não é comum soltar gases pela urina e nem ejacular pelo ânus", diz o urologista da SBU. Por isso, com o surgimento de qualquer sintoma que saia na normalidade, procure ajuda dos médicos.

NOTÍCIAS QUENTES - Acesse o grupo do Isso É Notícia no WhatsApp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.