Sábado, 04 de Dezembro de 2021
32°

Muitas nuvens

Cuiabá - MT

CURTO E GROSSO IMPEACHMENT

Xuxa diz que Covid dizimou uma "Cuiabá"

Além da população de Cuiabá, ela citou também outros outros exemplos para comparar a extensão da tragédia que representa os mais de 600 mil mortos na pandemia

11/10/2021 às 08h35 Atualizada em 11/10/2021 às 08h42
Por: Redação 2 Fonte: REDAÇÃO FOLHAMAX
Compartilhe:
Xuxa diz que Covid dizimou uma

Xuxa Meneghel, a eterna ‘Rainha dos baixinhos’, usou o Instagram para defender o impeachment do presidente Jair Bolsonaro em decorrência de sua postura negacionista e criminosa no trato na pandemia de Covid-19. E eis que no post da apresentadora sobrou até para Cuiabá.

Ela comparou os mais 600 mil mortos no Brasil, vítimas da pandemia, número agravado por causa da demora na compra de vacinas, além das ações do presidente estimulando o não uso de máscaras e e não distanciamento social, com a população da capital mato-grossense.

“Não adianta dizer que é culpa do covid, do jornalismo, do mundo que critica 'ELE', quando as pessoas vão ver que estão sendo enganadas ? Assinem já o impeachment”, postou a apresentadora.

NOTÍCIAS QUENTES -  Acesse o grupo do Isso É Notícia no Whatsapp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

 Além da população de Cuiabá, ela citou também outros outros exemplos para comparar a extensão da tragédia que representa os mais de 600 mil mortos na pandemia. Dentre eles, comparou ser possível lotar 8 maracanãs de corpos (estádio tem capacidade para 78,8 mil pessoas).

Citou ainda que as vítimas da Covid no Brasil lotariam 1.250 Boeings 747, o avião gigante de 4 motores da fabricante norte-americana Boeing, com capacidade para transportar até 410 passageiros.

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Xuxa Meneghel (@xuxameneghel)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.