Terça, 30 de Novembro de 2021
27°

Muitas nuvens

Cuiabá - MT

POLÍTICA "SEM MISÉRIA"

Governo de MT despeja dinheiro público em festa ostentação para a “elite”; veja vídeos

Um evento, com boa parte do empresariado que controla o PIB do estado, foi feito em Tangará, com Daniel, Alexandre Pires e muito requinte

16/10/2021 às 10h43 Atualizada em 17/10/2021 às 10h40
Por: Redação 3 Fonte: MINUTO MT
Compartilhe:
Governo de MT despeja dinheiro público em festa ostentação para a “elite”; veja vídeos

Um evento promovido pelo ex-senador Cidinho Santos (PSL), que tenta contornar o desgaste pessoal do governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), frente ao empresariado, após uma gestão de contínuos aumentos de impostos, reuniu boa parte da “nata” financeira do estado, nesta sexta-feira (15).

Empresários de vários setores foram chamados para uma festança “sem miséria”, articulada pelo prestígio pessoal de Cidinho, mas em boa parte paga com o dinheiro do povo. No convite para o tal “1º Encontro de Líderes Empreendedores do Brasil”, em um cenário com vista para a cachoeira Salto das Nuvens – cartão postal de Tangará da Serra (MT) – o que não faltou foi patrocínio do Poder Público.

Lá estão no cartaz o Governo do Estado de Mato Grosso, em destaque primário, um outro espaço ressaltou o aporte da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Estadual – SEDEC, Prefeitura de Tangará, a própria Assembleia Legislativa de Mato Grosso – ALMT, o MT PAR, presidido por Wener Kesley dos Santos, indicado por Mauro Mendes e irmão de Cidinho, bem como empreiteiras e concessionárias, como a Via Brasil e a Guaxe, que possuem contratos com o Governo do Estado.

Em imagens que chegaram para a redação do MINUTO MT, alguém narra até “carne de jacaré”, para se ter uma ideia da extensão do nobre e fino cardápio disponível aos visitantes. Bebida de alta qualidade, como champagnes e whiskys que custam mais do que o trabalhador tem por mês para sustentar sua casa, também não faltaram no evento, que contou ainda com as ilustres presenças dos consagrados cantores Alexandre Pires e Daniel.

A prestação de contas detalhada do quanto toda essa “média” que Cidinho e o governador tentaram fazer junto aos principais empregadores do estado, provavelmente o povo não terá. Mas, sem nenhum medo de errar, é possível garantir que com os bilhões que Mauro veio agregando em tributos e taxas, ano após ano, desde que chegou ao Palácio Paiaguás, certamente uma ostentação feito a de hoje não faz nem cócegas ao caixa do estado, bufando por causa do contribuinte.

Veja se não dá inveja até no “rei do camarote”:

NOTÍCIAS QUENTES - Acesse o grupo do Isso É Notícia no WhatsApp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.