Terça, 30 de Novembro de 2021
26°

Poucas nuvens

Cuiabá - MT

POLÍCIA CUIDADO

Cuiabano perde R$ 8 mil em 'golpe do nude' e faz alerta

Após a troca de conversas pela rede social, mudaram para o WhatsApp. Lá, a jovem passou a mandar fotos sensuais e nuas

19/10/2021 às 11h29 Atualizada em 19/10/2021 às 11h33
Por: Redação 2 Fonte: GAZETA DIGITAL
Compartilhe:
Cuiabano perde R$ 8 mil em 'golpe do nude' e faz alerta

Golpistas conseguiram extorquir R$ 8 mil de um homem de 56 anos, em Cuiabá, durante o ‘golpe da novinha’, também conhecido como 'golpe do nude'. Sem desconfiar de que se tratava de um golpe, ele vendeu uma motocicleta, fez empréstimos e se endividou para pagar os criminosos, sob o argumento de que ele seria alvo da Polícia Civil. Vítima só percebeu que era um golpe após ler sobre um caso semelhante divulgado pelo GD.

À reportagem, o homem contou que foi abordado por um perfil de mulher no Facebook. Após a troca de conversas pela rede social, mudaram para o WhatsApp. Lá, a jovem passou a mandar fotos sensuais e nuas.

“Eu não pedia as fotos, ela quem me mandou primeiro e ficou me estingando. Depois, passou a pedir fotos minhas. Eu nunca tinha mandado, mas me deixei levar e enviei para ela. Quando eu perguntei a idade, ela falou que tinha 15 anos e eu disse que era uma prática ilegal, mas ela respondeu que estava tudo bem, que ninguém tinha acesso ao seu celular”, contou.

Depois disso, a menina sumiu e o homem foi surpreendido por uma ligação com DDD 51 – região do Rio Grande do Sul. Golpista afirmava ser o pai da suposta menor, que ele e a esposa descobriram as mensagens trocadas entre eles e teria gerado uma briga enorme em sua casa e colocado o casamento em crise.

NOTÍCIAS QUENTES -  Acesse o grupo do Isso É Notícia no Whatsapp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

Por isso, o golpista pediu R$ 4 mil para ajudar ele a arrumar as coisas que foram quebradas em casa durante a suposta briga. “Eu não desconfiei. Sou uma pessoa que não gosta de dar prejuízo para outros, nem mesmo levar nenhum tipo de vantagem. Então, falei que não tinha a quantia pedida, mas que poderia dar outro valor. Depositando assim R$ 1.500”.

Novo contato

A quadrilha não estava satisfeita. Depois de alguns dias, com uma nova desculpa, procuraram a vítima falando que a menina tinha tentado suicídio e que precisava ser transferida para uma clínica particular e que, por isso, ele precisaria arcar com as despesas e pediram R$ 6 mil.

Mesmo afirmando que não tinha esse valor, os criminosos não pararam e golpe continuou com a ligação de um homem dizendo que era delegado e que foi aborto um inquérito contra ele na delegacia da cidade.

Para piorar a intimidação, o último contato da quadrilha dizia que a menina tinha tomado muito remédio e que teria morrido. Por isso, a família precisava de ajuda para custear o enterro. Foi aí que ele vendeu uma moto, conseguiu R$ 5 mil e transferiu todo o dinheiro aos criminosos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.