Terça, 30 de Novembro de 2021
26°

Poucas nuvens

Cuiabá - MT

POLÍTICA OPERAÇÃO CAPISTRUM

Ex-secretário contratou advogado de Mauro Mendes para propor acordo com MPE-MT

Estranha coincidência corrobora tese do prefeito Emanuel Pinheiro sobre aparelhamento e uso das instituições para fins políticos

21/10/2021 às 14h29 Atualizada em 22/10/2021 às 09h57
Por: Alexandre Aprá
Compartilhe:
Advogado Helio Nishiyama e o ex-secretário de Saúde, Huark Douglas
Advogado Helio Nishiyama e o ex-secretário de Saúde, Huark Douglas

O ex-secretário de Saúde de Cuiabá, Huark Douglas Correia, contratou o advogado Helio Nishiyama, para firmar o acordo de não-persecução cível com o Ministério Público Estadual (MPE).

A revelação foi feita em reportagem do Gazeta Digital que obteve trechos do depoimento do ex-gestor.

Curiosamente, Helio é advogado do governador Mauro Mendes (DEM), da primeira-dama Virgínia Mendes, e de outras pessoas ligadas ao chefe do Poder Executivo Estadual.

Esta não é a primeira vez que ex-secretários de Emanuel enrolados com investigações da Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor) e do Ministério Público Estadual (MPE) contratam os serviços de Nishiyama.

O ex-secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, também contratou o mesmo defensor após ser alvo de investigação que gerou operação que resultou até em seu afastamento do cargo. Ele havia sido acusado de desvio de recursos na compra dos chamados semáforos inteligentes.

Em comum, Antenor e Huark, além de terem o mesmo advogado do governador, também ocuparam cargos de primeiro e segundo escalão na gestão de Mauro Mendes quando foi prefeito de Cuiabá e acabaram sendo "herdados" pelo prefeito Emanuel de quem Mauro já foi aliado e atualmente se tornou inimigo político.

A estranha coincidência da presença do advogado do governador em casos que envolvem secretários e ex-secretários da gestão de Emanuel Pinheiro chama a atenção e pode corroborar a tese de uso político da Polícia Judiciário Civil e do Ministério Público Estadual (MPE), como acusam os defensores do prefeito da capital.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.