Sábado, 29 de Janeiro de 2022
24°

Muitas nuvens

Cuiabá - MT

POLÍTICA CONSELHO LGBT

Lúdio: “Discurso de preocupação com custos esconde preconceito”

Deputado do PT diz que Comissão está protelando análise para atrasar votação

29/11/2021 às 10h33 Atualizada em 29/11/2021 às 17h14
Por: Redação 2 Fonte: REDAÇÃO MÍDIA NEWS
Compartilhe:
O deputado estadual Lúdio Cabral, que defende criação do Conselho LGBT
O deputado estadual Lúdio Cabral, que defende criação do Conselho LGBT

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) vê protelação por parte da Comissão de Direitos Humanos na análise do projeto de lei que cria o Conselho LGBTQIA+ em Mato Grosso, manobra que atrasa a apreciação da matéria em plenário.

“Como é um tema polêmico e infelizmente na Assembleia há preconceito, há comportamento que não condiz com os direitos das pessoas LGBT, essa protelação está acontecendo”, disse.

“Espero sinceramente que a Comissão emita o parecer para que o plenário aprecie e vote. E aí é a maioria quem vai decidir. E espero que a Assembleia corrija essa dívida histórica com essa parcela da população”, completou.

NOTÍCIAS QUENTES -  Acesse o grupo do Isso É Notícia no Whatsapp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

A Comissão de Direitos Humanos é presidida pelo deputado Sebastião Rezende (PSC), que já havia tentado o arquivamento da pauta quando ela chegou à Assembleia Legislativa, enviada pelo Governo do Estado.

Quando viu a ação frustrada, começou a questionar possíveis gastos que a medida criaria para o Executivo, discurso reproduzido por outros colegas também contrários à pauta e criticado por Lúdio.

“Esse discurso da preocupação com os custos esconde na verdade preconceito e comportamento homofóbico”, afirmou.

O plenário chegou a se preparar para apreciar a matéria em primeira votação há duas semanas, mas Sebastião Rezende requereu a análise do projeto pela comissão, para emissão de parecer. Foram realizadas audiências e coleta de dados e a pauta deveria retornar ao plenário nesta semana, o que não ocorreu.

“Na sexta-feira [25], eles vão fazer outra audiência para debater os dados requeridos. Dados esses que são desnecessários. Na verdade, a comissão está protelando a análise”, criticou Lúdio.

“Mas após essa audiência, na minha opinião, não haverá mais razão para segurar o projeto e ele deve ser encaminhado para o plenário”, avaliou.

O petista, que faz oposição ao Governo Mauro Mendes (DEM), chegou a ironizar o fato de ser um dos que estão à frente na defesa do projeto, alfinetando os deputados da base.

“O governador encaminhou esse projeto para a Assembleia e ele tem uma maioria muito ampla. É até curioso um deputado que faz oposição ao Governo fazer a defesa da tramitação da mensagem do governador. É uma defesa que a própria bancada do Governo deveria estar fazendo”, disse.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.