Domingo, 22 de Maio de 2022
13°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

INTERNACIONAL EM PORTUGAL

Novas medidas para combater a pandemia entraram em vigor

As novas medidas foram decididas face à ameaça da nova variante Ómicron do vírus SARS-CoV-2, que já é dominante em Portugal

25/12/2021 às 13h25
Por: Readação 2 Fonte: RTP
Compartilhe:
Novas medidas para combater a pandemia entraram em vigor

Entraram em vigor à meia-noite as novas medidas de combate à pandemia de Covid-19. Bares e discotecas ficam de portas fechadas. Escolas e ATLs só voltam a abrir portas a partir de dia 10 de janeiro. O teletrabalho volta a ser obrigatório. E os saldos estão proibidos até dia 9.

As novas medidas foram decididas face à ameaça da nova variante Ómicron do vírus SARS-CoV-2, que já é dominante em Portugal e que pode ser responsável por cerca de 90 por cento das infeções no final do ano.

As novas medidas foram decididas na terça-feira num Conselho de Ministros extraordinário e surgem cerca de um mês depois de o Governo ter, em 25 de novembro, aprovado uma estratégia de prevenção e combate à pandemia, mas que o surgimento recente da Ómicron obrigou a atualizar.

Muitas das medidas foram antecipadas face ao que tinha sido aprovado no Conselho de Ministros de 25 de novembro, como a "semana de contenção" após o Ano Novo, que foi alargada, vigorando a partir de hoje até 9 de janeiro, e que inclui o regresso ao teletrabalho obrigatório.

Também o encerramento de creches e ateliês de tempos livres (ATL), que estava previsto para a "semana de contenção" entre 3 e 9 de janeiro, foi antecipado para hoje, com o Governo a assegurar o apoio às famílias.

As discotecas e bares com espaço de dança vão voltar a fechar, depois da reabertura em outubro ao fim de 18 meses encerradas.

Desde as 00h00 de hoje que passou a ser obrigatório um teste negativo para o acesso a hotéis e estabelecimentos de alojamento local, assim como para eventos empresariais e ainda festas familiares, como casamentos ou batizados.

O acesso a eventos desportivos e culturais dependerá também da apresentação de teste negativo ao coronavírus, independentemente do número de espetadores.A lotação dos espaços comerciais passa a estar limitada a uma pessoa por cada cinco metros quadrados para evitar ajuntamentos que acontecem na semana a seguir ao Natal para trocas de presentes.

NOTÍCIAS QUENTES - Acesse o grupo do Isso É Notícia no WhatsApp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

Na noite de passagem de ano estão proibidos ajuntamentos na via pública com mais de 10 pessoas assim como o consumo de bebidas alcoólicas.

 O número de testes gratuitos de uso profissional de despiste da Covid-19 feitos em farmácias e em laboratórios vai aumentar de quatro para seis por pessoa em cada mês, no âmbito do regime excecional e temporário que prevê a sua comparticipação.


Esta é uma medida de incremento da testagem, considerada pelo Governo como uma das estratégias fundamentais para controlar a atual situação pandémica do país.

 Portugal Continental está em situação de calamidade desde 1 de dezembro devido ao aumento do número de casos.

 

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.