Domingo, 16 de Janeiro de 2022
34°

Nuvens esparsas

Cuiabá - MT

ECONOMIA COFRES PÚBLICOS

Mato-grossenses pagam R$ 1,5 bilhão em impostos em apenas 11 dias deste ano em MT

O valor atual é 11,5% maior do que o registado no mesmo período do ano passado, quando somou R$ 1,393 bilhão

12/01/2022 às 09h03
Por: Redação 3 Fonte: G1
Compartilhe:
Mato-grossenses pagam R$ 1,5 bilhão em impostos em apenas 11 dias deste ano em MT

Em apenas 11 dias de 2022, os mato-grossenses já pagaram R$ 1,553 bilhão em impostos aos cofres públicos. O valor atual é 11,5% maior do que o registado no mesmo período do ano passado, quando somou R$ 1,393 bilhão.

O valor total refere-se a impostos, taxas e contribuições cobrados pelos municípios, estado e União, e pode ser visto, em tempo real, no telão da Fecomércio-MT, localizado na avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA).

Segundo o presidente da Fecomércio, José Wenceslau de Souza Júnior, é preciso uma reforma tributária que reorganize as altas cargas de impostos, pois além de ser um peso para o cidadão e para as empresas, o país deixa de receber investimentos devido a esse cenário que compõe o chamado ‘custo Brasil’.

 

Atualmente, o cidadão trabalha cerca de cinco meses do ano só para pagar impostos.

NOTÍCIAS QUENTES - Acesse o grupo do Isso É Notícia no WhatsApp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

O setor de comércio e serviços, por exemplo, foi responsável por mais da metade (58%) de todo o ICMS recolhido entre janeiro a outubro de 2021, segundo Boletim da Receita Pública, divulgado pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT).

Nesses meses, somente em ICMS foi arrecadado 38,1% a mais do que o recolhido no mesmo período do ano anterior, contabilizando R$ 15.490 bilhões.

Entretanto, o presidente da federação lembra da recente medida do governo do estado em reduzir o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em 2022 sobre a energia elétrica, comunicação, gás industrial, diesel e gasolina.

O pacote de redução de impostos deverá impactar diretamente no bolso do cidadão e deverá ser sentido pelos mato-grossenses no decorrer do ano. A economia estimada pelo governo é de R$ 1,2 bilhão para a população e para empresas do estado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.