Quarta, 26 de Janeiro de 2022
23°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

CURTO E GROSSO CONTRATOS FIRMADOS

MPE-MT vai gastar até R$ 16 milhões em novos computadores em 2022

Valor dos contratos totaliza R$ 16.150.145,00 na modalidade de registro de preço, ou seja, o gestor poderá ou não efetivar a totalidade da compra

13/01/2022 às 10h26 Atualizada em 13/01/2022 às 19h10
Por: Redação
Compartilhe:
Sede das Promotorias de Justiça, em Cuiabá
Sede das Promotorias de Justiça, em Cuiabá

O Ministério Público Estadual de Mato Grosso firmou quatro contratos para fornecimento de novos computadores para servidores e membros da instituição.

O valor dos contratos totaliza R$ 16.150.145,00 na modalidade de registro de preço, ou seja, o gestor poderá ou não efetivar a totalidade da compra.

A publicação do contrato acontece um dia após o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), também contratar R$ 2,5 milhões em novos computadores só para atender o seu gabinete.

No caso do MP, as empresas fornecedores foram a Torino Informática, com sede em Sorocaba-SP, e a Líder Notebooks Comércio e Serviços Ltda, com sede em Montes Claros-MG.

No extrato do contrato publicado no Diário Oficial não é especificada a quantidade de computadores fornecidos nem o modelo. No Portal Transparência do MP a íntegra do contrato assinado em 21 de dezembro de 2021 não aparece publicado.

Em dezembro de 2020, o MPE-MT foi duramente criticado em todo o País pela compra de 400 celulares de luxo como Iphone 11, Galaxy Note 20 e Galaxy S10 pelo valor de R$ 2,2 milhões.

Outro lado

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso informou que os equipamentos licitados, na modalidade de registro de preços, serão adquiridos de acordo com a necessidade das Promotorias de Justiça de todo o Estado e da Procuradoria-Geral de Justiça, e seguirão critérios objetivos para substituição das estações de trabalho que compõem o parque tecnológico; que já se encontra parcialmente obsoleto, com máquinas em operação há quase cinco anos, muitas dessas com o sistema operacional descontinuado pela fabricante impossibilitando as correções de segurança e otimização de performance.

Esclareceu ainda que a substituição dos equipamentos está em conformidade com o planejamento previamente elaborado pelo Departamento de Tecnologia da Informação e busca aumentar a segurança de dados e melhorar a produtividade. A aquisição pretende também garantir a continuidade dos serviços realizados nas unidades do Ministério Público, evitando a interrupção do atendimento à Sociedade decorrentes de problemas tecnológicos.

Confira o extrato dos contratos:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.