Sábado, 29 de Janeiro de 2022
24°

Muitas nuvens

Cuiabá - MT

POLÍTICA VOTAÇÃO POLÊMICA

Lúdio critica a aprovação do projeto que veta passaporte vacinal em MT

Deputado diz que decisão sobre assunto não compete à AL e polêmica criada na Casa foi "desnecessária"

14/01/2022 às 15h42 Atualizada em 14/01/2022 às 15h56
Por: Redação 3 Fonte: MIDIANEWS
Compartilhe:
Lúdio critica a aprovação do projeto que veta passaporte vacinal em MT

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) criticou a aprovação em primeira votação, pela maioria da Assembleia Legislativa, do projeto de lei que veta a adoção de comprovante de vacina contra a Covid-19 para a entrada em estabelecimentos públicos e privados de Mato Grosso.

 

“A grande verdade, infelizmente, é que quem é contra o comprovante de vacina é contra a vacina. E isso é muito ruim porque desinforma a população, cria dúvida, amedronta e nos impede de enfrentar de forma adequada a pandemia”, criticou Lúdio.

 

“Quem está vacinado está 20 vezes mais protegido de uma hospitalização por Covid-19 e 20 vezes mais protegido de morrer por conta da Covid-19. As vacinas são absolutamente seguras”, completou.

 

De autoria do deputado Gilberto Cattani (PSL), o projeto deve passar ainda por uma segunda votação na Casa, mas já foi apontado como inconstitucional pelo próprio petista – uma vez que a decisão sobre o assunto cabe às autoridades sanitárias – e pelo Ministério Público Estadual.

 

A matéria voltou à pauta na Casa de Leis no início deste mês, em substituição ao projeto anterior, de autoria da deputada Janaina Riva (MDB), que gerou polêmica e meses de discussão na casa, no ano passado.

 

Curiosamente, o texto inicial da parlamentar era menos “radical”, mirando o veto ao passaporte apenas em estabelecimentos comerciais e congêneres. Ele chegou a receber quatro substitutivos e acabou sendo arquivado, a pedido da própria emedebista.

 

Lúdio defende que o Código Estadual de Saúde dá à autoridade sanitária, no caso o Governo do Estado, a tarefa de adotar medidas de acordo com a evolução de epidemias.

 

Para ele, sem ter competência para legislar o tema, a Assembleia apenas sediou um debate inócuo e uma “polêmica desnecessária” em torno do assunto.

 

NOTÍCIAS QUENTES - Acesse o grupo do Isso É Notícia no WhatsApp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.