Segunda, 23 de Maio de 2022
15°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

CURTO E GROSSO LEI SANCIONADA

Sob Juca e Emanuel, Capital fecha o cerco para usinas hidrelétricas no Rio Cuiabá

Prefeito e presidente da Câmara dizem não à atividade degradante que pode desequilibrar o já sofrido ecossistema local

24/01/2022 às 19h18
Por: Alexandre Aprá
Compartilhe:
Prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e vereador Juca do Guaraná (MDB)
Prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e vereador Juca do Guaraná (MDB)

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) sancionou uma lei aprovada pela Câmara Municipal, sob Juca do Guaraná (MDB), que proibiu, de forma taxativa, a instalação de usinas hidrelétricas na extensão do Rio Cuiabá que cabe à cidade.

Com isso, Juca e Emanuel vetam a instalação de novas unidades que poderiam acabar com o ecossistema local, prejudicar o abastecimento da cidade e colocar em risco o pantanal mato-grossense.

"Estamos falando do Rio Cuiabá, responsável pela divisão entre as duas maiores cidades do Estado. Estou cumprindo meu papel enquanto prefeito de Cuiabá, defendendo uma de suas maiores riquezas e preservando acima de tudo nosso meio ambiente", elencou o prefeito ao sancionar a lei.

Coincidência ou não, a geração de energia por hidrelétricas é um dos ramos de atuação, enquanto empresário, do governador Mauro Mendes (DEM), rival político de Emanuel Pinheiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.