Domingo, 22 de Maio de 2022
13°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

POLÍTICA 'OPORTUNISMO'

Galvan diz que Wellington não representa a direita bolsonarista de MT

"Como militante de direita e apoiador de Bolsonaro posso assegurar que o eleitor bolsonarista não acredita nessa repentina lealdade de Wellington ao presidente"

13/05/2022 às 09h52
Por: Readação 2 Fonte: DA ASSESSORIA
Compartilhe:
Galvan diz que Wellington não representa a direita bolsonarista de MT

O presidente da Aprosoja Brasil e pré-candidato ao Senado Federal, Antônio Galvan (PTB), crítica o oportunismo político de pré-candidatos que se intitulam aliados do presidente Jair Bolsonaro, mas sempre atuaram como base de apoio dos governos de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT) como é o caso do senador Wellington Fagundes (PL). Para Galvan, Wellington, que é pré-candidato à reeleição, não vai receber o apoio do eleitor conservador de Mato Grosso mesmo estando filiado no mesmo partido que o presidente da República.

"Como militante de direita e apoiador de Bolsonaro posso assegurar que o eleitor bolsonarista não acredita nessa repentina lealdade de Wellington ao presidente. O fato é que ninguém acredita que Wellington é Bolsonaro. Ele [Wellington] sempre esteve ao lado da esquerda e na linha de frente dos apoiadores dos governos do PT e PSDB no Congresso Nacional. Para Wellington, mais conhecido como candidato 'melancia' (verde por fora e vermelho por dentro), vale tudo para tentar não ficar sem mandato", dispara o pré-candidato do PTB.

Líder do Movimento Brasil Verde e Amarelo, Galvan afirma que os bolsonaristas sabem que o presidente teve que filiar no PL por uma questão eleitoral e de governabilidade. "Os eleitores vão definir seu voto analisando o histórico de coerência e lealdade do candidato com as pautas conservadores e com o presidente Bolsonaro", reforça Galvan.

Considerado um dos principais nomes da direita em Mato Grosso, Galvan cobra um posicionamento dos senadores, especialmente do Wellington Fagundes, que é do mesmo partido de Bolsonaro, com relação ao caso do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ). "O silêncio dos senadores com relação ao Supremo Tribunal Federal (STF) é decepcionante. Falta coragem e vontade, em especial do senador Wellington Fagundes, para defender o governo Bolsonaro e apontar os abusos que alguns Poderes estão cometendo em nosso país",

Com apoio do presidente nacional e estadual do PTB, Galvan vem trabalhando para definir sua chapa de suplentes e organizar uma base de apoio à reeleição de Bolsonaro. Nos próximos dias, o pré-candidato a senador informou que o PTB fará encontros de mulheres, da juventude e religioso do PTB.

NOTÍCIAS QUENTES - Acesse o grupo do Isso É Notícia no WhatsApp e tenha notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.