Cuiabá, 23 de julho de 2019

Isso é Notícia

MENU

VALE-TUDO NA COMARCA

Advogada de Mauro Mendes será investigada por suspeita de fraude em ação contra jornalista

Gcom-MT/Facebook
Advogada de Mauro Mendes será investigada por suspeita de fraude em ação contra jornalista

Participação de Natali Nishiyama em suposta fraude deve ser apurada pela Delegacia Fazendária, MPE-MT, OAB-MT e Corregedoria de Justiça

DA REDAÇÃO DA REDAÇÃO

www.issoenoticia.com.br

O juiz João Bosco Soares da Silva, da 10ª Vara Criminal de Cuiabá, encaminhou à Delegacia Fazendária, Ministério Público Estadual de MT, Ordem dos Advogados do Brasil de MT e Corregedoria-geral de Justiça de MT, uma denúncia apresentada pela defesa do jornalista Alexandre Aprá que mostra indícios de possível fraude processual em ação criminal movida pelo governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM).

A sentença saiu no dia 14 de junho passado e absolveu o jornalista da acusação de crime de calúnia.

A denúncia apresentada traz indícios da participação da advogada Natali Nishiyama, que defende o governador na ação. Natali é irmã do advogado Helio Nishiyama, que conduz a defesa de Mendes no processo.

A denúncia mostra que uma pessoa, através do telefone celular de Natali, ligou para o Tribunal de Justiça de Mato Grosso, abriu um "chamado" em nome do advogado de defesa do jornalista, e pediu que fosse enviado, via e-mail, uma guia de recolhimento de taxa processual, que garantiria o prosseguimento do processo - que estava prestes a prescrever.

A guia, que só poderia ser obtida por meio de acesso eletrônico do advogado do jornalista - e venceria dias depois - foi enviada para um e-mail com o nome de Natali, e paga por alguém desconhecido.

Tudo foi descoberto após o setor de tecnologia do TJ abrir um procedimento de apuração requisitado pela defesa do jornalista, que apurou a origem da ligação e mostrou que o chamado foi aberto em nome de seu advogado, a partir do telefone celular e com encaminhamento do documento a um e-mail que continha o mesmo nome da advogada da parte contrária.

"Ou seja, trocando em miúdos, uma ou mais pessoas de intenção no mínimo duvidosa, utilizando os dados pessoais e profissionais deste causídico, no âmbito deste processo, enganaram o Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso para obter informação privada, e inerente exclusivamente a atuação profissional deste causídico", afirmou o advogado Tassio Azevedo, em petição enviada ao juiz do processo e encaminhada por ele aos órgãos para apuração.

"Estamos falando de possíveis irregularidades ou até ilícitos que vão desde os direitos de personalidade, a até possível fraude contra a administração pública, não sendo possível, neste momento, precisar a amplitude do ocorrido, ante a míngua de informações, pois o serviço de tecnologia do E. Tribunal de Justiça ainda não disponibilizou toda a documentação dos protocolos, bem como as gravações das ligações realizadas durante a tramitação dos chamados", completou o advogado.

Todos os documentos que mostram o número do celular e o e-mail da advogada do governador foram emitidos oficialmente pelo TJMT.

Outro lado

A advogada Natali Nishiyama enviou uma nota ao blog sobre as denúncias. Ela garantiu que sua atuação profissional no processo ocorreu em consonância com os preceitos legais e morais.

Ela ainda defendeu a apuração das alegações contidas na denúncia "para adotar as medidas cabíveis".

Leia matérias relacionadas:

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para Advogada de Mauro Mendes será investigada por suspeita de fraude em ação contra jornalista

Enviando Comentário Fechar :/