Cuiabá, 19 de agosto de 2019

Isso é Notícia

MENU

CONFLITO DE COMPETÊNCIA

Disputa de relatoria deu tom pré-eleitoral no TCE-MT

Thiago Bergamasco/TCE-MT
Disputa de relatoria deu tom pré-eleitoral no TCE-MT

Conselheiros Luiz Henrique Lima e Guilherme Maluf, que disputaram relatoria de processos contra Sinfra, estão de olho na Presidência

DA REDAÇÃO DA REDAÇÃO

www.issoenoticia.com.br

disputa pela relatoria de uma representação que pede a anulação do edital da licitação do transporte intermunicipal operado pela Sinfra-MT deu o tom da sucessão da presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de Mato Grosso cuja eleição acontece no final do ano.

Nos bastidores, os conselheiros Luiz Henrique Lima e Guilherme Maluf já rivalizam a disputa.

Lima tem o apoio do atual presidente do TCE, conselheiro Gonçalo Domingos de Campos Neto, enquanto Maluf é o candidato "da oposição".

Maluf alega a seus pares que é o único elegível para o cargo, já que, caso a composição se mantenha desta forma até a eleição, ele será o único conselheiro titular elegível, já que Campos Neto não quer ser reconduzido.

Guilherme alega que eleger um interino presidente pode obrigar o Tribunal a realizar novas eleições a qualquer momento, em caso de os titulares afastados conseguirem voltar aos seus cargos.

Enquanto isso, Lima defende que a situação jurídica de Maluf é temerária, pois há em tramitação uma ação do Ministério Público para anular a sua nomeação no cargo, sob alegação de que ele é réu na Operação Rêmora, que desbaratou um esquema de desvios de recursos na Secretaria de Educação.

O interino é da ala que defende que a eleição de um delatado da Rêmora pode ser prejudicial para a imagem do TCE.

Pelo menos por enquanto, na disputa da relatoria dos processos da Sinfra, venceu, por maioria, o conselheiro interino Luiz Henrique Lima.

Leia matérias relacionadas:

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para Disputa de relatoria deu tom pré-eleitoral no TCE-MT

Enviando Comentário Fechar :/