Cuiabá, 15 de setembro de 2019

Isso é Notícia

MENU

PÃO E CIRCO

Em 'calamidade financeira', Governo de MT vai torrar R$ 1,5 milhão em festival de pesca

Tchelo Figueiredo/Secom-MT
Em 'calamidade financeira', Governo de MT vai torrar R$ 1,5 milhão em festival de pesca

Recursos para festival vão sair dos cofres da Secretaria de Cultura, sob Allan Kardec

Enquanto o governador de Mato Grosso diz não conseguir pagar direitos trabalhistas aos professores da rede estadual, a crise parece passar longe pelo menos dos cofres da Secretaria de Cultura.

Prova disso é que o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Allan Kardec (PDT), firmou um termo de fomento com a organização do Festival de Pesca de Cáceres e irá repassar R$ 1,5 milhão dos cofres públicos para a realização do evento.

É o que prevê o Termo de Fomento Nº 0181/2019 firmado entre a Secretaria e o Grupo Artístico Cultural Meio Ambientalista Chalana.

Os recursos cedidos são do Fundo de Desenvolvimento Desportivo de Mato Grosso.

Confira o extrato do termo de fomento publicado hoje no Diário Oficial de MT:

 

Leia matérias relacionadas:

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para Em 'calamidade financeira', Governo de MT vai torrar R$ 1,5 milhão em festival de pesca

Já temos 3 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Ronaldo Oliveira

Ronaldo Oliveira

Isso sem falar que a falta de compromisso dele com o setor de educação está deixando milhares de filhos de eleitores que o elegeu e pagam seus impostos em dia sem aulas atrasando a formação dessas crianças mas ele vai ter o troco.
PROFESSORES MANTENHAM A GREVE POIS O TRIBUNAL DE JUSTIÇA E ASSEMBLEIA LEGISLATIVA JUNTOS COM JUDICIÁRIO TEEM SEUS REPASSES EM DIA JUSTAMENTE PARA IREM EM DESFAVOR AOS DIREITOS DO CIDADÃO SBRETUDO QUANDO SE REFERE A SERVIDORES PÚBLICOS DO EXECUTIVO
DIA 26.07.19 14h19RESPONDER
Enviando Comentário Fechar :/
Amorim Correa

Amorim Correa

Esse governo nao é homem é justamente igual ou pior qe todos os piores qe MT já teve mentiroso mas tudo qe vai volta seu governador oque aqui se faz aqui se paga nao perde por esperar.pense no tanto de matogrossense qe votou e no senhor acreditando em suas mentiras.
DIA 22.07.19 12h52RESPONDER
Enviando Comentário Fechar :/
Elizangela Lili

Elizangela Lili

E escolas públicas caindo aos pedaços, isso e uma afronta aos direitos básicos, educação de qualidade e o mínimo a ser ofertado.
DIA 22.07.19 12h45RESPONDER
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/