Cuiabá, 13 de novembro de 2019

Isso é Notícia

MENU

JUDICIÁRIO

Judiciário recebe produtos apreendidos pela Receita Federal para doações no Araguaia Cidadão

Judiciário recebe produtos apreendidos pela Receita Federal para doações no Araguaia Cidadão
TJ - MT TJ - MT

www.tjmt.jus.br

Dentro de 20 dias a comitiva do Poder Judiciário de Mato Grosso (PJMT) e parceiros pegará a estrada para realizar a segunda fase do projeto Araguaia Cidadão. E os preparativos para essa “expedição do bem” estão a todo vapor. Nesta segunda-feira (14), o caminhão do PJMT estacionou no depósito da Receita Federal para receber do órgão 3,6 toneladas de roupas e vestuários (camisetas, cuecas e shorts).
 
O órgão responsável pela administração dos tributos federais, controle aduaneiro, combate à evasão fiscal (sonegação), contrabando, descaminho e pirataria entregou os produtos ao Judiciário, com apoio e supervisão do Instituto Ideais, para serem distribuídos aos moradores dos municípios de Santa Terezinha, Luciara, São Felix do Araguaia, Novo Santo Antônio e Cocalinho, contemplados na última etapa do Araguaia Cidadão.
 
“Uma das atividades da Receita Federal é a apreensão de produtos de contrabando e descaminhos e eles são destinados a entidades beneficentes, que são os braços do Estado para atingir população carente”, explica o chefe da Sessão de Apoio Logístico da Receita Federal, Nilton Sérgio Lourenço. “O alcance de projetos do Judiciário, Ribeirinho Cidadão e o Araguaia Cidadão, para comunidades carentes e de difícil acesso é fantástico. Esta é a oportunidade da Receita colaborar para que esses produtos tenham uma finalidade boa”, avalia. “Para a gente é uma satisfação poder fazer parte de ações de tamanha envergadura”, completa.
 
Na primeira fase do Araguaia Cidadão, a Receita Federal colaborou com 4,6 toneladas de roupas, mantas, toalhas e sandálias.
 
“Hoje é um dia abençoado. A Receita Federal engrandece o projeto do judiciário que tem a missão do de servir”, afirma o coordenador do Araguaia Cidadão, juiz José Antonio Bezerra Filho, conhecido como Dr Tony. “Essa parceria mostra a seriedade do trabalho e o comprometimento de todos em cumprir a missão dada pelo presidente do Tribunal, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha”.
 
Segundo o magistrado, além dos produtos que são levados para doações, o Poder Judiciário congrega uma gama de serviços com vistas a pacificar, mediar e fomentar ações que refletem em números positivos para o Poder. “Os serviços dos nossos parceiros engrandecem o projeto e todos sabem que é possível fazer a diferença na vida dessas pessoas”.
 
São parceiros do Poder Judiciário instituições públicas e privadas, como o Executivo estadual, Marinha do Brasil, Exército, Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal, Defesa Civil, INSSS Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Assembleia Legislativa, prefeituras e câmaras municipais e Tribunal Regional Eleitoral (TRE). “Além disso, temos a cereja do bolo que são os casamentos sociais, em parceria com o MPE, cartórios locais e Corregedoria. Todos os parceiros estão engajados em fazer um dia diferente em cada um desses municípios” concluiu.
 
Araguaia Cidadão – A segunda fase do projeto será de 6 a 15 de novembro. Para chegar ao primeiro ponto de atendimento, Santa Terezinha (a 1.323 km de Cuiabá), a expedição sairá de Cuiabá no dia 4 e ficará dois dias na estrada. A maior parte do caminho será por estrada sem pavimentação e a previsão é de muita chuva e lama. Para atender os moradores da região do “Vale dos Esquecidos”, será necessário percorrer 4 mil quilômetros.
 
Nos dias de atendimentos, o Judiciário e parceiros irã oferecer registro tardio, resolução de conflitos sociais, reconhecimento da paternidade, habilitação para adoção, casamento comunitário, consultas médicas, oftalmológicas e odontológicas, vacinação, confecção de documentação, cadastro biométrico, alistamento eleitoral, emissão de título de eleitor, entre outros.

Leia matérias relacionadas:

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para Judiciário recebe produtos apreendidos pela Receita Federal para doações no Araguaia Cidadão

Enviando Comentário Fechar :/