Cuiabá, 23 de outubro de 2017

Isso é Notícia

MENU

INTERCEPTAÇÕES TELEFÔNICAS

Perri separa ex-secretários para evitar álibis falsos

TJ-MT
Perri separa ex-secretários para evitar álibis falsos

RAFAEL MACHADO RAFAEL MACHADO

Jornalista, repórter do Blog Isso É Notícia

O desembargador Orlando Perri determinou nesta quarta-feira (11) a transferência de três presos envolvidos no esquema de escutas ilegais no Estado. O magistrado “separou” os ex-secretários de Estado da Casa Civil, Paulo Taques e de Segurança Pública, delegado Rogers Jarbas, que foram detidos em setembro após a deflagração da Operação Esdras.

De acordo com Perri, a medida foi necessária para evitar um possível álibi no intuito de prejudicar as investigações policiais.

“A medida se patenteia indispensável para evitar que sejam mantidos juntos dois investigados detidos na mesma operação policial, facilitando, com isso, o contato entre eles, e, de consequência, a probabilidade de ajustarem suas versões ou de criarem álibis no intuito de prejudicar as investigações policiais”, pontua Perri na decisão proferida na tarde desta quarta.

Segundo a determinação, Jarbas deixará o Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) para a Polinter. Já Paulo Taques permanecerá no CCC.

O desembargador ainda acatou o pedido feito pela delegada Ana Cristina Feldner, que solicitou a transferência do ex-chefe da Casa Militar, coronel Evandro Lesco, do 3° Batalhão de Polícia para a Rotam.

Lesco foi visto na última quarta-feira (4) fazendo compras e sacando dinheiro em uma farmácia no bairro CPA 4, em Cuiabá.

Perri solicitou que o coronel seja recolhido em um alojamento com grade, “devendo sair apenas nos horários das refeições, banho de sol e visitas, retornando em seguida, devendo a grade permanecer fechada, inclusive durante o dia”.

Já o segundo sargento da Polícia Militar João Ricardo Soler, que se encontra detido na Rotam irá para 4° Batalhão de Várzea Grande.

Leia matérias relacionadas:

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para Perri separa ex-secretários para evitar álibis falsos

Enviando Comentário Fechar :/