Cuiabá, 24 de junho de 2018

Isso é Notícia

MENU

REVITALIZAÇÃO DO CENTRO HISTÓRICO

Prefeitura e Governo Federal entregam reforma da Praça da Mandioca

Luiz Alves/SicomCuiabá
Prefeitura e Governo Federal entregam reforma da Praça da Mandioca
PREFEITURA DE CUIABÁ PREFEITURA DE CUIABÁ

www.cuiaba.mt.gov.br

A Prefeitura de Cuiabá, em parceria com o Instituto do Patrimônio Nacional (IPHAN), entregou, nesta quarta-feira (06), a Praça Conde de Azambuja, mais conhecida como Praça da Mandioca.

A requalificação do espaço público faz parte do conjunto de 16 ações aprovadas para Cuiabá, mediante o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Cidades Históricas), atual “Agora é Avançar”, do Ministério da Cultura. As intervenções de requalificação duraram pouco mais de três meses e foram financiadas pelo governo federal, por meio da Caixa Econômica Federal, sob o montante equivalente a R$ 132.268,91.

Para o município, as praças do centro da Capital são referências fortes, que retratam períodos importantes da história da construção da cidade e que precisam ser preservadas. Para garantir essa perpetuidade, o prefeito Emanuel Pinheiro não tem medido esforços para revitalizar esses bens públicos, seja mediante parcerias institucionais ou utilização de recursos próprios. Somente na região central, foram entregues cinco espaços dessa natureza, que já estão mudando a paisagem da Capital.

“A nossa gestão segue seu propósito de humanização com a restauração das praças do centro, objetivando fazer um resgate da nossa história e proporcionar espaços públicos agradáveis, para que a população volte a frequentá-las com mais conforto e segurança. A Praça da Mandioca, em especial, traz consigo o berço da cuiabania, como um ponto de encontro de final de tarde e noite da Capital. Isso que ocorreu por aqui é mérito da população cuiabana, que naturalmente elegeu o lugar como um espaço de bate papo, descontração e divertimento. Estar aqui - junto ao Iphan - entregando este lugar regado por histórias antigas e novas é uma alegria imensurável”, refletiu Pinheiro.

O prefeito ainda destacou que virão mais obras para a região, como a revitalização da Avenida Mato Grosso, que vai receber um relógio digital em formato de viola de cocho, com informações sobre o tempo e ações da Prefeitura.

De acordo com o diretor de Projetos Especiais do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (IPHAN), Robson Antônio de Almeida, o programa vem  atuando em outras 43 cidades do Brasil, qualificando os espaços com qualidade, mantendo seus atributos originais, de forma que os valorize.

“Já devolvemos o MISC e hoje estamos aqui entregando mais esta obra na Praça da Mandioca, com a previsão de novas revitalizações concluídas em breve. É admirável ver que as pessoas amam o patrimônio. Estamos todos muito satisfeitos com o empenho do município em se comprometer com a população desta maneira e o Iphan reafirma a parceria da instituição com esta importante cidade para o Brasil”, afirmou o diretor.

Durante este processo de requalificação, iniciado em 20 de fevereiro deste ano, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano trabalhou arduamente para que a obra fosse entregue em tempo hábil, sem causar danos aos moradores e comerciantes do entorno.  Da demolição do concreto à etapa final de reconstrução e paisagismo, todas as normas regulamentadas pela entidade federal foram devidamente respeitadas. As intervenções feitas compreenderam o aumento da dimensão do espaço, que recebeu 6 cm a mais no total.

“Em primeiro lugar, quero agradecer ao prefeito Emanuel Pinheiro pela confiança depositada na realização dessas obras. Por se tratar de um projeto feito com recursos federais, existe uma série de trâmites administrativos a serem seguidos, o que pode acarretar em possíveis atrasos em sua conclusão. E dentro deste grande pacote de revitalizações, já devolvemos à população a Praça Senhor dos Passos e em breve entregaremos as praças Alberto Novis e Caetano de Albuquerque, finalizando com a entrega da escadaria do Beco Alto, no final de julho”, esclareceu Juarez Samaniego, secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano.

Estas cinco requalificações são patrimônios fundamentais para a construção da historicidade de Cuiabá. Nelas reside seu contexto cultural e social, bem como importantes registros históricos. Em se tratando da Praça da Mandioca, ela foi a primeira a ser construída na Capital, inaugurada em 1727. Com uma estrutura simples, o local celebrou o convívio do Centro Histórico e hoje guarda reflexos de seus tempos de outrora, à medida que se tornou a casa por opção da movimentada noite cuiabana.

Dessas 16 obras que fizeram parte do firmamento entre o governo federal e municipal, entraram cinco praças. No meio delas está a nossa tradicional Praça da Mandioca, reconfigurada e renovada, fortalecendo o seu papel de integrar as pessoas neste ambiente alegre, que só ela tem. Tenho certeza que daqui por diante os comerciantes, moradores e a população vão apreciá-la ainda mais, atraindo mais turistas ao centro de Cuiabá”, completou Francisco Vuolo, secretário municipal de Cultura Esporte e Turismo.

Para o senhor Benedito Ramiro de Cerqueira, 91, a praça possui um papel simbólico em sua vida, por ser marcada como o lugar onde cresceu. “Este local é muito antigo e eu já tive a oportunidade de testemunhar de tudo aqui. Hoje ela está um pouco mais diferente, mas continua preservando o seu passado. E poder vê-la com uma cara nova é realmente bom, pois esse era um anseio antigo que até então estava esquecido. É gratificante saber que o prefeito olhou para esse lugar com cuidado e que após tantos anos estamos aqui celebrando essa vitória”, concluiu.

Leia matérias relacionadas:

Comente pelo Facebook!

Comente pelo site!

Olá, deixe seu comentário para Prefeitura e Governo Federal entregam reforma da Praça da Mandioca

Enviando Comentário Fechar :/